Morte por afogamento no Balneário Veneza - Explicações da Guarda Municipal são convincentes

1.6.15
Guarda-vidas que trabalham na Veneza (Foto: Ascom/Caxias)
Neste domingo,  31, o balneário Veneza, em Caxias, foi palco de mais um fatídico afogamento que levou uma adolescente a óbito. 

Minutos depois do incidente,  as redes sociais foram tomadas de insinuações e até mesmo acusações contra a Guarda Municipal que mantém no local um posto de Guarda-vidas. 

Diante das acusações contra os profissionais que estavam de serviço no domingo,  rapidamente o comandante da GDM veio a público apresentar as explicações oficiais sobre o episódio. 

Considerei a nota oficial da GDM bastante convincente.  Suas explicações até o momento não encontram contestações de familiares da garota morta e nem de testemunhas que estavam no local.

Todos sabem da minha posição contra a atual administração do município, mas daí a tomar como verdade as insinuações contra uma categoria (dos guardas municipais), que é séria e de suma importância à nossa sociedade, é ser leviano e insensato.

Conheço vários guardas municipais de Caxias, sendo que depois do movimento grevisto emplacado por eles no ano passado, acabei por ficar amigos de alguns e de ter respeito para com com todos.

Ao contrário de outros setores da Prefeitura de Caxias, a GDM é formada por jovens capacitados e que conseguiram o emprego após prestarem concurso público, tornando a corporação um oásis de qualificação em meio a um deserto de incompetência do atual governo no município.

Publico abaixo as explicações do comandante da GDM. Caso apareçam outros fatos diferentes daquelea relatados oficialmente,  publicarei e contestarei a autoridade municipal.

GUARDA MUNICIPAL DE CAXIAS-MA

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em referência à morte de uma adolescente por afogamento registrada no dia de hoje (31/05/15) no Balneário Veneza, a Guarda Municipal de Caxias-MA vem a público esclarecer os seguinte:

1 – Os Guarda-Vidas desta instituição estão treinados e habilitados pelo Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão para promoverem o resgate imediato e apropriado de qualquer banhista que se encontra em situação de afogamento;

2 – Temos em nossos arquivos número bastante relevante de resgates de vidas no local onde prestamos o serviço desde a criação do grupo de Guarda-Vidas em outubro do ano passado, sendo reconhecido pela sociedade caxiense e pelas pessoas que frequentam o local ou ali trabalham;

3 – No caso específico desde fatídico dia, todos os esforços foram envidados para que a vítima fosse encontrada e salva, desde a comunicação do desaparecimento da mesma. Sendo que, os Guarda-Vidas, apesar de estarem atentos no trecho de toda a piscina, não tiveram em nenhum momento qualquer sinal de afogamento ou pedido de socorro vindo da água ou seus arredores, o que torna a ocorrência muito peculiar;

4 – Depois de não obterem resultado satisfatório com relação a um possível local do até então suposto acidente, solicitaram apoio a algumas pessoas que sempre estão dispostas a ajudar em buscas. E assim iniciaram a procura da vítima no fundo da piscina;

5 – Uma dessas pessoas tocou no fundo da piscina no corpo inerte da vítima, e assim a mesma foi retirada da lagoa e os primeiros procedimentos de tentativa de reanimação cárdio-pulmonar foram feitas, sem sucesso;

6 – Infelizmente a vítima não mais reagiu aos estímulos e confirmou-se o óbito por afogamento pelos legistas que fizeram posteriormente a devida perícia;

7 – Cabe ressaltar aqui que o rapaz que se identificou como pai da vítima, na primeira abordagem ao Guarda-Vidas fez o comunicado de DESAPARECIMENTO e perguntou se haviam visto algo na piscina que pudesse ser entendido como sinais de AFOGAMENTO. Este cidadão, nem mesmo no momento em que os Guarda-Vidas iniciaram as buscas na água, se dispôs a ajudá-los e sequer também entrou na piscina;

8 – Os banhistas são avisados dos perigos no uso da piscina e quanto aos cuidados com pessoas que estão sob seus cuidados. No entanto, muitos pais e responsáveis por crianças e adolescentes se descuidam de seus filhos ou parente e os deixam na área de banho sem companhia e só os procuram quando já é avançada a hora, ou mesmo na momento de se retirarem do local. Isto vem dificultando a ação dos nossos profissionais. Temos relatos de pessoas que deixam suas crianças na piscina e se dirigem para o Guardas para que os mesmo fiquem tomando conta, sendo que essa não é nossa missão no local. Pessoas que desleixam dos cuidados com crianças e ficam ingerindo bebidas alcoólicas também são freqüentes no local;

9 – O Comando da Guarda Municipal de Caxias estará oficiando a Autoridade Policial responsável para que seja instaurado o competente Inquérito para apurar as responsabilidades, haja vista que depois do ocorrido, muitos leigos no assunto, ou mesmo por má fé colocam em xeque os relevantes serviços prestados por esta instituição, na tentativa de encontrar de forma desapropriada culpados pelo evento;

10 – O Comando da GMC, independente da discussão a respeito do fato, expressa condolências e sentimentos à família da jovem pela trágica perda;

11 – Aos Guardas Municipais em geral, que não se abatam pela ocorrência e pela forma negativa com que possa repercutir na sociedade. Sei que muitos, principalmente nossos Guardas-Vidas, estão muito tristes por não poderem ter evitado a tragédia. Mas, nossa batalha pela vida é diária. Temos a honra, dada pela nossa árdua tarefa, de defender nosso município e seus moradores, e nem sempre obteremos sucesso ou seremos reconhecidos. É natural que as pessoas tentem encontrar motivo para tudo que ocorre de ruim em sua volta e na maioria das vezes jogam culpa em primeiro lugar no poder público e seus agentes. Mas, saibam que estaremos firmes no propósito de continuar em busca de melhores dias para nossa instituição e que esta experiência sirva de aprendizado para melhorarmos ainda mais o atendimento aos nossos munícipes.

Obrigado!

Moisés Holanda dos Santos

Comandante da Guarda Municipal
Caxias-MA

2 comentários:

  1. Para min aqui em Caxias não tem uma pessoa mais competente para comandar a Guarda Municipal de Caxias,que a pessoa de Moises Holanda

  1. JUCYARA RAMOS disse...:

    Parabéns, pelo texto! Bem redigido, com explicação fundamentada, e imbuído de argumentos convincentes.

Postar um comentário