Alegria de pobre dura pouco!!! Fim da reeleição chegou a animar caxienses diante da possibilidade de Léo Coutinho não disputar novo mandato

1.6.15
Nesta semana, quando a Câmara dos Deputados aprovou o fim da reeleição para cargos no Executivo, muitos caxienses soltaram foguetes, comemorando antecipadamente a saída de Léo Coutinho já no próximo ano.

Rapidamente o noticiário da TV invadiu as redes sociais e os desafetos do prefeito caxiense, sem procurar se aprofundar no que havia sido votado na Câmara, trataram de difundir a história erroneamente.

Infelizmente, a medida, caso passe por mais 3 votações, duas no Senado e uma na Câmara, só valerá em 2020 e impossibilitará apenas a reeleição dos prefeitos eleitos em 2016 e os governadores eleitos em 2018.

Ou seja, Léo Coutinho, que disputou e venceu as eleições em 2012, ainda pode disputar a reeleição em 2016, assim como os governadores eleitos agora em 2014, também podem tentar um novo mandato em 2018.

Portanto, o fantasma de um hipotético segundo mandato para Léo Coutinho ainda ameaça os caxienses, uma vez que ele ainda pode disputar a reeleição.

Nunca o ditado “alegria de pobre dura pouco” conseguiu atingir tanta gente de uma única vez em Caxias.

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    SIM. ELE PODE DISPUTAR 10 ELEIÇÕES MAIS AQUI ELE NÃO GANHA ,AIS NEM PARA PRESIDENTE DE BAIRRO.

Postar um comentário