Amor em Silêncio

10.5.15

Autor: Evandro José
Livro: Minha Vida, Meus Poemas
De sorriso fácil e silhueta invejável, de traços leves que traz o dom da beleza, assim é você.

Como a brisa que suaviza ao mais incauto, bela Senhora de curvas delineadas,

A tua sensualidade ascendem os meus desejos mais ardentes.

Como és especial aos meus olhos, como te quero como a contemplo,

Todos os dias da minha vida sonhei contigo, te desejei, és o meu maior sonho.

Espero sempre no mesmo lugar a tua passagem, tão linda e encantadora mulher,

Sempre te amei sempre te quis, sempre, sempre, nunca vou te esquecer, jamais.

Queria te descobrir por completo, fazer uma viagem nas tuas ardentes fantasias, te ter por inteira,

A todo o momento você me vem aos pensamentos mais belos que tenho; te amo, te amo.

Queria ter uma explicação para tamanho amor que sinto por te; minha doce amada.

Tenho vontade de ir ao teu encontro, mais me falta coragem, queria ser ousado, mas não posso.

Queria revelar a ti esse sentimento tão puro, tão belo, esse grande amor que sinto por você,

Gostaria de ser um pouco irracional, porque estás tão distante da minha realidade, do mundo em que vivo.

E mais um dia se passa e vem você novamente fazer brilhar o meu dia com sua rara beleza,

Nunca vi fêmea mais encantadora, que seduz só ao gesticular com seus movimentos leves.

Às vezes penso nesse utópico amor, como fora acontecer logo comigo, que loucura.

Tornei-me seu em todos os sentidos e sofro em não poder revelar a ti tamanho desejo.

Vou te amar em silêncio por toda a minha vida, jamais vou encontrar mulher tão especial,

Tudo em você é simplesmente mágico, diferente, encantador, não existe no mundo outra igual.

Minha bela e admirável Senhora, dona do meu coração apaixonado, como te amo, meu desejoso insano.

Se eu fosse te traduzir em canção, seriam as notas mais suaves de uma música que falaria de sentimentos profundos.

Meu grande amor, meu sonho, minha grande paixão no silenciar dos meus pensamentos mais afetuosos.

0 comentários:

Postar um comentário