“Terra do já teve!!!” Catulé protesta contra retirada de médico legista de Caxias: “exames devem ser feitos agora em Timon”

14.4.15
Num contundente discurso feito nesta segunda-feira, 13, o vereador Catulé protestou contra a perda de importantes órgãos públicos do município ao longo dos anos. “Perdemos as delegacias da Receita Federal e também do Ministério do Trabalho”, enumerou o parlamentar ressaltando o prejuízo que isso acarreta à população local. “Quando algum caxiense tem um problema mais sério na Receita Federal, tem que se deslocar até a capital, pois não temos mais uma Delegacia do órgão, bem como com do Ministério do Trabalho, quando os trabalhadores tem que se dirigir até Codó para tratar pendências trabalhistas”, lamentou Catulé que antes fez um resgate da tradição cultural, política e empresarial de Caxias, “mas que vem perdendo ultimamente sua importância no cenário estadual”.

Para o vereador, a recente retirada do médico legista de Caxias, causa um grave prejuízo ao trabalho da Polícia Civil. “Um exame de conjunção carnal, por exemplo, que deve ser feito rapidamente, o cidadão tem que se deslocar até Timon para fazê-lo”, disse Catulé que leu um comunicado da Superintendência de Polícia Civil do Interior informando a nova determinação (ver foto abaixo).

Mesmo em posições opostas no atual cenário político, Catulé conclamou a vereadora Thais Coutinho que intercedesse junto ao seu tio, deputado estadual Humberto Coutinho, para que o problema fosse solucionado. “Gostaria de pedir a vereadora Thais Coutinho que fale com o seu tio, presidente da Assembleia Legislativa do estado, para interceder pelo povo de Caxias”, pediu o vereador que recebeu da vereadora Thais a garantia de que iria fazer o possível para dar uma solução para o caso.

Estamos há quatro meses sem perícia e todos sabem que a Polícia trabalha com perícia para elucidar os crimes, o que só favorece os bandidos, que recebem isso como um prêmio”, desabafou Catulé asseverando que o autor dessa medida [de transferir a perícia para timon] “deve ser um louco”.

4 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Parabéns Vereador Catulé, pois os únicos prejudicados é a população de Caxias, Aldeias Altas, São João do Soter e circunvizinhas. Há anos existiu nessa cidade médicos legistas que atendia as cidades citadas. Se essa decisão tivesse sido tomada antes iriam dizer que seria perseguição. Dr. Humberto e Flavio Dinos, foram bem votados nessas cidades, mas admite uma decisão decisão totalmente insana que só prejudica o povo, mas até agora nem Governador nem Dr. Humberto tomou atitude sobre essa decisão. Caxias, contava com uma equipe de profissionais excelente com referencia a perícia do morto, inclusive foi contemplada com um veículo proproprio(Rabecão), trazido para essa cidade com muito esforço do então Superintende de Polícia Civil do Interior, isso sem falar dos incansaveis médicos legistas e sua equipe Kilson e o motorista do Rabecão que como ja frizei trabalhavam diuturnamente, mas sempre um serviço com eficiencia, um trabalho de execelncia. Agora uma pessoa morre no município das cidades citadas, daqui que seja recolhido periciado e liberado para os familiares que não terão mais o diretos de velar, pois, quando é liberado ja esta na hora do sepultamente, isso sem falar nos exames nos vivos que terão que desembolar R$ 40,00 reais para irem ate Timon. Isso é uma vergonha. Caxias, mudou mais pra pior. Portanto, como cidadão faço um apelo ao Governador e DP. Humberto Coutinho, para que se manifeste contra essa decisão incabível e impensada, e tudo volte a ser feito em Caxias como era ha muitos anos atrás.

  1. Anônimo disse...:

    Esse ai é um vereador porreta

  1. Anônimo disse...:

    Este vereador é marreta pura,só preciso ser mais fiscalizador do erário publico.principalmente as Obras do município, onde o prefeito ,se segundo a boca maldita, há informações que o maior construtor do Município é o próprio prefeito, por meio uma empresa , onde tem com engenheiro o filho do senhor Braúna verdade ou mentira, O engenheiro Edgar. é importante O vereador porreta CATULÈ investigar e denunciar este fato.sudades democráticas Catulé.

  1. Anônimo disse...:

    É isso ai Vereador Catulé. Caxias tinha tres médicos que atuavam na pericia da Policia: Dr: Raimundo Lima, Dr. Ivaldo Bastos e Dr. Ricardo Chaves, agora todos estão subordinados a Timon, agora é arrochar. ARROCHA CAXIAS.

Postar um comentário