Relação entre família e escola é pauta de discussão entre profissionais da educação de Timon

18.4.15
Núcleo de Apoio ao Educando (NAE), que existe para garantir os direitos dos alunos, foi o responsável em promover o I Fórum de Discussão sobre o assunto

Visando prestar maior assistência social aos alunos a rede municipal de ensino, a Prefeitura de Timon, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou na manhã desta sexta-feira, (17/04), na quadra da U. E. Luis Miguel Budaruiche, o I Fórum de Discussão do Núcleo de Apoio ao Educando (NAE), criado para dar maior acompanhamento e mediação dos possível conflitos que possam surgir na relação entre família e escola, bem como a inclusão social e a garantia dos direitos.

O evento, que teve como tema “Política de Apoio ao Educando na Perspectiva da Educação Inclusiva", teve a presença de representantes das secretarias de Educação, Saúde, Desenvolvimento Social, do Conselho Tutelar e do Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD). Durante a abertura do evento alunos do Projeto Beija-Flor, mantido pela Prefeitura de Timon, realizou a apresentação de uma a peça Teatro Fórum: Escola x Família.

Coordenado pela professora, Aliniê Moura, a peça apresentada chamou atenção dos diretores e supervisores presentes porque mostrou uma realidade muito presente na vida de alguns alunos. “O tema da peça partiu dos próprios alunos eu disseram estar inquietos com isso”, disse a professora que foi interrompida pela aluna Talita Perry, “eu mesmo vou muito bem na escola, mas as vezes não tenho a ajuda em casa dos meus pais”.

O NAE foi criado justamente para mediar essa relação das famílias e as demais instituições que garantem os direitos os alunos. Cada um dos representantes presentes no fórum expôs os seus objetivos e qual a função real de cada um. A preocupação da Semed é garantir, através desse importante Núcleo, um acompanhamento mais detalhados com os alunos usando como parceiro cada um dos gestores e supervisores das escolas. (Assessoria)

1 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Poxa Sabá, bem que vc poderia fazer uma reportagem a respeito dessas casas da Vila Paraíso. Isso é lamentável, já faz muito tempo que essas casas estão prontas e nada de nos entregar. Será que estão esperando as eleições do próximo ano? Eu e muitos dos que ganharam está pagando aluguel caro, e aguarda ansiosamente a entrega dessa casa. As primeiras 1000 casas ate as chaves já foram sorteadas, então pq tanta humilhação???
    Eu, como leitor fiel do seu blog desejo encarecidamente que vc averigue o porquê dessa demora, e sua cobrança através deste, que é o mais lido da cidade. Só assim para as autoridades verem e tomem uma atitude, desde já agradeço amigo, Sabá.

Postar um comentário