Novela “Sem Salários do SAMU” tem final infeliz: todos foram demitidos

17.4.15
Infelizmente, Caxias perdeu definitivamente a chance de ter um representante na disputa do Prêmio Nobel da Paz. O coordenador regional do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU/Caxias, Dr. Mariano de Castro e Silva, perdeu as condições que poderiam lhe garantir a inédita premiação de um brasileiro.

Reunião ocorrida no prédio do Samu selou o destino 
dos “Sem Salários” do órgão: foram demitidos
Tudo porque a possibilidade do coordenador do Samu caxiense tirar do próprio bolso a bagatela de R$ 10 mil reais para pagar a turma de “Sem Salários” do órgão não irá mais acontecer.

Em reunião ocorrida nesta sexta-feira, 17, Dr. Mariano lavou as mãos para os 20 condutores e técnicos de enfermagem que estão vivendo situação análoga a escravidão.

Com 6 meses de salários atrasados, os “Sem Salários” terão que se contentar com mais um péssima notícia: foram demitidos.

Na mais nova justificativa, ‘acusaram’ os “Sem Salários” de informarem ao blog do Sabá sobre a situação humilhante que viviam e que isso teria sido a causa do desfecho trágico da demissão.

E os 6 meses de salários?”, perguntaram os escravos do Samu. “Vamos pagar, a partir de maio, em 3 parcelas mensais, e será apenas 1 salário mínimo para cada um”, teria respondido a diretora executiva da Secretaria de Saúde, que estava na reunião representando dra. Alessandra Daniel.

Ouvindo tudo, Dr. Mariano de Castro, aquele que já era cotado ao Nobel da Paz, manteve-se calado o tempo todo.

Após a reunião, o coordenador passou a fazer a nova escala de trabalho do Samu, que agora, sem os 20 “Sem Salários”, que trabalhavam em regime de escravidão, obrigará dos demais servidores uma carga horária dobrada. “Sabá, os outros funcionários também estão revoltados com a situação”, desabafou um dos líderes dos “Sem Salários” do Samu que agora terá que colecionar outro título no currículo: Sem Salário, escravo e demitido.

Slogan do governo Léo Coutinho: “Pode Arrochar, aqui tem trabalho!!!”

Já pensou se o slogan fosse outro?

5 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    ESSA DIRETORA EXECUTIVA POR ACASO SERIA A TODA PODEROSA JOSVALDA COUTINHO? PERGUNTO ASSIM PORQUE ELA É QUE FAZ ESSE PAPEL DE NOTICIAS RUIM DO GOVERNO.

  1. Anônimo disse...:

    FICA A PERGUNTA: SERA QUE OS "SS" VÃO VOTAR NOVAMENTE NO GOVERNO "HONESTO, SÉRIO E PAGADOR" ?

  1. Anônimo disse...:

    acontecia igualzinho no governo dos marinhos, quando eram denunciados por irregularidades la vinha a irmã de paulo marinho 'rosario" que na epoca fazia as mesmas merdas que esssa tal de alessandra todos iguais, então galera vamos dizer em 2016 nem coutinhos e nem marinhos eu ja decidi e vcs?

  1. Anônimo disse...:

    verdade anônimo.vamos dar uma chance para o professor roldão, ele pelo ao menos nunca vimos nada que desabone sua conduta na cidade e ja tentou varis vezes sempre com uma campanha limpa é hora de mudar. ROLDÃO 2016

  1. Cuidado pra não termos nossos direitos impedido, temos que falar mesmo, a saúde pública e uma preocupação muito grande. E muito triste o que está acontecendo com essas famílias. O dinheiro fala mais do a razão, isso é fato. Somos todos escravos do sistema capitalista, todos.

Postar um comentário