(Roupa nova com cara de velha) Troca de canos na rede de abastecimento de Caxias mostra-se um fiasco que ‘estoura’ a toda hora

12.3.15
Rua do Fio: Asfalto novo nas primeiras horas da manhã do 
dia 10 e buraco do SAAE no meio-dia
Os leitores nunca leram aqui no blog o titular da página criticando ou condenando os buracos provocados pela mudança dos canos da rede de distribuição de água da cidade.

Podem procurar nos arquivos do blog que não irão encontrar textos meus apontando defeitos ou explorando o incômodo que os buracos nas ruas provocavam e ainda provocam.

Não fiz isso pelo simples fato de não ser possível trocar canos sem fazer um buraco.

Mas eis que para tudo tem um limite. E dentro desse limite estabelecido por mim, ele chegou ao fim.

Rua Clodomir Cardoso: canos novos “estouram” constantemente
Passando nesta terça-feira, 10, pela Rua do Fio, no bairro Cangalheiro, deparo-me com as máquinas da Prefeitura realizando o trabalho de recapeamento asfáltico da via.

Um asfalto necessário, pois faz mais de uma década que aquela rua recebeu alguma melhoria.

Saindo da Praça do Dirceu no sentido a Igreja da Catedral, encontro uma equipe do SAAE - Serviço Autonômo de Águas e Esgotos, fazendo algo inacreditável: estavam cavando um buraco para trocar um cano novo colocado recentemente pela empresa que executou a obra da troca dos canos de amianto por PVC.

Avenida Santos Dumont: Asfalto novo e buraco novo em 
seguida, um marca desse governo
Isso mesmo, caros leitores. Assim que uma máquina fez o tão sonhado recapeamento asfáltico da Rua do Fio, outra do SAAE fez um buraco enorme em seguida.

Mas alguém pode indagar “ah, Sabá, isso pode acontecer, pois foi só uma coincidência”. Não, meu hipotético questionador, isso tem acontecido frequentemente.

Na Avenida Santos Dumont, menos de uma semana depois de receber o novo asfalto, o cano principal da rede estourou e o SAAE teve que, evidentemente, abrir um buraco para fazer o reparo do material danificado. Por azar dos azares, um mototaxista não percebeu a sinalização feita pelo SAAE, haja vista que estava mal feita, e sofreu um grave acidente no local.

Para completar o azar do jovem mototaxi, no Hospital Geral do Município faltava material para que fosse feita a cirurgia na sua perna.

Na Rua Clodomir Cardoso, também no bairro Cangalheiro, o principal cano da via já estourou várias vezes e também teve que ser trocado. Isso sem antes proporcionar falta d’água para dezenas de famílias daquela área.

Quando se assiste ao material publicitário do governo Léo Coutinho afirmando que “pode arrochar, aqui tem trabalho”, pensa-se logo tratar-se de uma piada.

Infelizmente, o atual governo em Caxias não faz uma péssima administração não é por falta de recursos financeiros (o que é mentira), mas é por falta de competência.

1 comentários:

  1. Diego Aquino disse...:

    Rapaz i a qui na vila lobao nao tinha problemas com a falta de água mais depois dessas trocas de canano todo dia falta água agora mesmo ja vai da 23:00hrs i estamos cem agua a qui desde 12:00hrs do meio dia quem nao tem caixa d'água sofre.

Postar um comentário