Justiça devolve piano e carro a Eike Batista

28.2.15
RIO - A Justiça Federal devolveu ao empresário Eike Batista um piano e um carro Range Rover apreendidos pela Polícia Federal no início de fevereiro. O instrumento e o automóvel estavam no condomínio onde mora o juiz titular da 3ª Vara Federal Criminal do Rio, Flávio Roberto de Souza.

O carro, que permanecia estacionado na garagem do edifício do juiz, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, teve a guarda devolvida ao filho de Eike, Thor Batista. Já o piano, que estava na casa de um vizinho de Souza no mesmo condomínio, voltou para a casa do empresário. Mas, segundo Sérgio Bermudes, advogado do ex-bilionário, o instrumento chegou com parte da tampa danificada. Os bens foram entregues na noite de sexta-feira. 

O piano danificado foi levado por uma transportadora, enquanto o Range Rover chegou guiado por agentes da Polícia Federal. A decisão de tornar o empresário fiel depositário dos bens apreendidos foi do juiz substituto da 3ª Vara Federal, Vítor Barbosa Valpuesta.

Encarregado de dois processos que Eike responde na Justiça, o juiz Flávio Roberto de Souza foi flagrado no último dia 24 ao volante do Porsche Cayenne turbo placa DBB 0002 que pertencia ao empresário. Após uma intensa polêmica sobre o uso dos bens apreendidos, a corregedora nacional de Justiça, ministra Nancy Andrighi, determinou na última quinta-feira (26) que Souza deixasse os processos ligados ao empresário por considerar um risco o "juiz manter em sua posse patrimônio particular". No dia seguinte, Souza encaminhou à Corregedoria Nacional um pedido de licença médica para se afastar do cargo por 15 dias. O juiz substituto Vitor Valpuesta assumiu em seu lugar as atividades da 3ª Vara Criminal.

Apesar da licença médica e da determinação da ministra, o julgamento sobre o pedido de afastamento do juiz feito pela defesa de Eike está mantido na pauta da próxima terça-feira da 2ª Turma Especializada do Tribunal Regional Federal. Na sessão, os desembargadores definirão se anulam os atos praticados por Souza na ação, incluindo a apreensão dos bens do empresário. (Fonte: Estadão)

Prefeito Luciano Leitoa empossa novos professores em Timon

Os candidatos que ficaram classificados em concurso realizado pela Prefeitura de Timon, para professores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), foram empossados em solenidade realizada na noite de sexta-feira (27/02), no auditório da Fundação Cidadania. Ao todo, 59 profissionais foram convocados.

O evento contou com a presença do Prefeito Luciano Leitoa, secretários municipais, vereadores, além dos aprovados e familiares. A cerimônia teve início com a execução dos Hinos Nacional e de Timon. Em seguida, os convocados, em ato simbólico representando todos os aprovados, foram chamados para assinar o termo de posse. A meta da Prefeitura tem sido priorizar o pleno desenvolvimento da educação na rede municipal de ensino e assim para garantir a população qualidade e desenvolvimento.

De acordo com a secretária da Semed, Dinair Veloso, os que tomaram posse nesta noite são os candidatos que ficaram classificados no concurso. “Já chamamos todos os candidatos que ficaram dentro do número de vagas, ainda em agosto de 2014, e como necessitamos de mais profissionais, chamamos os classificados, que estão aptos a assumir, já que o concurso ainda está no prazo de validade”, explicou.

O prefeito Luciano Leitoa parabenizou a todos e deu as boas vindas. “É com muita satisfação que nós fizemos esse concurso. É uma grande responsabilidade que vocês terão a partir de agora, pois além de ensinar, muitos serão exemplos para os seus alunos. Espero que vocês tenham muita vontade e satisfação em desenvolver o trabalho de vocês”, destacou o prefeito lembrando ainda dos investimentos que estão sendo realizados na educação como climatização e reforma de escolas e o fato da atual administração da Prefeitura ter extinguido as escolas de taipa na cidade.

A professora Kathia Cilene, empossada nesta noite, falou da realização em passar no concurso público. “Acho muito importante a realização de concursos, é uma forma democrática de ingresso no serviço público e passar é uma vitória. Estou pronta para esse desafio e feliz por contribuir com a educação de tantos alunos”, comentou.

O concurso da Prefeitura foi realizado pela Coordenadoria Permanente de Seleção (Copese), vinculada a Universidade Federal do Piauí (UFPI), que divulgou o edital de abertura no dia 15 de dezembro de 2013 e as provas foram aplicadas no dia 9 de fevereiro de 2014 com quase 10 mil candidatos concorrendo às vagas. Todo o processo aconteceu dentro da normalidade e seguindo o cronograma proposto no edital. (Ccom/Timon)

Não é só o Shopping, tem também a Casa de Saúde, a Facema...


A imagem acima é do site da Prefeitura de Caxias. A manchete principal da página eletrônica é óbvia para os caxienses. “Obra do Shopping Caxias conta com tecnologia de ponta”. Os leitores sabem disso muito bem.

Desde que assumiram o poder no município, os empreendimentos da família Coutinho contam sempre com “tecnologia de ponta”. 

A Facema, por exemplo, é um primor de construção moderna. Equipamentos, acabamento e tudo que você possa imaginar estão no vistoso prédio da Rua Aarão Reis, no centro de Caxias.

A clínica da família, que antes era chamada de Fundação Humberto Coutinho (para se livrar de alguns impostos e dar um ar de caridade do deputado para com os pobres da cidade), nos últimos anos abandonou o caráter de Fundação, esqueceu definitivamente os clientes pobres e se modernizou pra valer.

A aquisição de um moderno e milionário aparelho de ressonância magnética, que custa alguns milhões de reais, fez a antiga “Casa de caridade” se transformar num endereço para ricos, ou pobres desesperados por um atendimento médico melhor que aquele oferecido pela rede pública de saúde administrada pela mesma família que faz um sucesso danado nos empreendimentos privados.

Quanto a manchete do site da Prefeitura, de que a obra do shopping da família Coutinho conta com tecnologia de ponta, a mesma torna-se desnecessária, pois todos em Caxias sabem que de uns anos pra cá, tudo tem que é feito nos empreendimentos da competente família sempre é feito com muita tecnologia..

São negócios e mais negócios de alta tecnologia e que sempre dão certo.

Vão fazer bons negócios assim lá na Petrobras...

E suas chances continuam multiplicadas!!! Sabiá dá Sorte novamente surpreendente

SÃO 6 FAIXAS DE PREMIAÇÃO E MAIS 10 RODADAS DA SORTE DE R$ 200 REAIS CADA UMA

O Sabiá dá Sorte deste domingo está imperdível. São R$ 35 mil reais para você

E o preço da sua cartela continua em conta: somente R$ 10,00 (dez reais) no seu termo de doação.

Confira a premiação completa:
 
1o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 1.500,00

2o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 1.500,00

3o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 2.000,00

4o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 3.000,00

5o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 5.000,00

6o PRÊMIO: 01 poupança de R$ 20 mil reais

Isso mesmo. Uma super poupança de R$ 20 mil reais para você no 6o prêmio.

E não se esqueça que tem mais 10 rodadas da sorte de R$ 200 reais cada.

Todo o dinheiro arrecadado com a venda das cartelas será em benefício do projeto da escolinha de base do Sabiá Futebol Clube e a construção da Fazenda da Esperança Nossa Senhora das Graças.

E atenção

O sorteio será transmitido ao vivo, agora pelo canal 3, a partir das 10h, pela Rádio Tropical FM, além da rádio FM Nova Cidade do município de São João do Sóter.

Não fique de fora!

Caxias - Terceirizados da limpeza da UEMA entram em greve por atraso nos salários

27.2.15
Sem receber salários desde o mês de dezembro, os servidores terceirizados da limpeza da Universidade Estadual do Maranhão, campus Caxias, decretaram greve por tempo indeterminado desde a última quinta-feira (26). No total são 12 funcionários que cruzaram os braços.

Os grevistas alegam que o dinheiro já havia sido repassado pelo Governo à empresa contratada. A direção do Campus Caxias garante que não pode interferir no assunto porque se trata um contrato que foge de sua competência.

O movimento paredista ganhou o aval do DCE - Diretório Central dos Estudantes das UEMA, que sensibilizados com a causa, estão dando apoio moral aos servidores, inclusive tendo contactado com representantes da empresa MACRHO, responsável pelos servidores.

Segundo informações do DCE, no início de fevereiro, representantes da MACHRO se comprometeram em efetuar o pagamento o mais breve possível, mas, o atraso persiste e os servidores garantem que só retornam às suas atividades quando débito for quitado. (Fonte: Mano Santos/Portal Noca)

Bastidores & bastidores

Constrangedor
Já está dando na vista o sumiço do apresentador Ricardo Marques das entrevistas do prefeito Léo e do deputado Humberto Coutinho. Antes “Rei” do pedaço, Marques deu lugar ao colega Ivan Brasil na condução das entrevistas dos chefes. Qual terá sido o motivo?

Buracos
A administração Léo Coutinho comemora o asfaltamento de algumas ruas, mas os buracos existentes na cidade proliferam como nunca. É o preço de mais de 3 anos de inércia dos governos dos coutinhos.

Realidade
Alegria de pobre dura pouco”, diz o ditado, mas a do prefeito Léo Coutinho, diante do pequeno sucesso do Carnaval, já foi embora. Mesmo com asfalto, e finalmente o reajuste mínimo dos professores, nosso jovem gestor é praticamente trucidado nas redes sociais todos os dias.  

Imunidade
O STF acaba de garantir imunidade de vereador no exercício do mandato. Os ministros entenderam que, ainda que ofensivas, as palavras proferidas por vereador no exercício do mandato, dentro da circunscrição do município, estão garantidas pela imunidade parlamentar conferida pela Constituição Federal, que assegura ao próprio Poder Legislativo a aplicação de sanções por eventuais abusos. A decisão aconteceu durante a votação de um Recurso Especial (RE) interposto por um vereador de Tremembé (SP) contra acórdão do Tribunal de Justiça local (TJ-SP).

Reação no exercício do mandato
Justificando o seu voto, o ministro Luiz Roberto Barroso destacou que, ainda que a reação do vereador tenha sido imprópria tanto no tom quanto no vocabulário, ela ocorreu no exercício do mandato como reação jurídico-política. “Sem endossar o conteúdo, e lamentando que o debate público muitas vezes descambe para essa desqualificação pessoal, estou convencido que aqui se aplica a imunidade material que a Constituição garante aos vereadores”, argumentou o ministro Barroso.

Garantia constitucional
A ministra Rosa Weber observou que o quadro fático apresentado pelo acórdão do TJ-SP emite juízo de valor sobre o abuso que teria ocorrido na fala do vereador. Segundo ela, a imposição de uma valoração específica a cada manifestação de membro do Legislativo municipal retiraria a força da garantia constitucional da imunidade.

Jurisprudência
A decisão tomada no RE 600063 terá impacto em, pelo menos, 29 processos sobrestados em outras instâncias.

Atrasado!!! Reajuste concedido pelo governo federal aos professores será pago hoje em Caxias

Depois de uma forte e incansável pressão do Sintrap, finalmente a Prefeitura de Caxias irá pagar hoje (sexta-feira, 27) o reajuste de 13,01% no salário dos professores.

O reajuste, que deveria ter sido pago desde janeiro, só será feito hoje, por meio de uma folha suplementar, porque o governo municipal já não tinha nenhum argumento para negá-lo.

Depois de panfletagem, carros de som, denúncia na TV e da cobertura deste blog finalmente o reajuste aconteceu.

Como não poderia negar o que era inegável, o prefeito Léo Coutinho, amparado pela sua poderosa mídia, tratou de anunciar, como se fosse uma benfeitoria do seu desastroso governo, a informação como um grande feito.

Tratado maldosamente de “aumento”, o termo usado pelos governistas é uma espécie de deboche com os professores, que tiveram que assistir o prefeito Léo Coutinho ocupar sua emissora de TV, na tarde desta quinta-feira, 26, para faturar com o sofrido reajuste.

Que ninguém se surpreenda se qualquer dia desses a emissora oficial da Prefeitura fizer uma transmissão ao vivo da agência central do Banco do Brasil com Léo Coutinho ao lado de um caixa eletrônico comemorando cada servidor que estiver sacando seu salário.

Do jeito que está indo...

Luis Fernando fala a verdade sobre ação da promotoria de Ribamar

26.2.15
O ex-prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, reuniu a imprensa na tarde desta quinta-feira, dia 26, para informar à população sobre a Ação de Improbidade Administrativa ajuizada contra ele e ex-auxiliares pela promotora de Justiça, Elisabeth Mendonça, da Comarca de São José de Ribamar.

Luis Fernando revelou que a Ação se baseia numa Representação do seu tradicional adversário político, o ex-prefeito Júlio Matos.

Desde 2004, Julinho, inconformado com suas derrotas e com a péssima avaliação da sua desastrosa administração na prefeitura de Ribamar, já ingressou com mais de seis ações judiciais contra mim, mas em todas elas foi derrotado”, disse.

Segundo Luis Fernando, desta vez, Julinho se valeu de um relatório técnico do Tribunal de Contas do Estado (TCE), emitido em 2011 no qual, como de praxe, o TCE concede prazo para apresentação de justificativas dos gestores auditados.

Ocorre que ele (Julinho) esqueceu, ou propositalmente, deixou de levar em conta as respostas e justificativas já apresentadas por mim e pelo meu ex-secretário de obras ao Tribunal, que ainda nem concluiu o julgamento. Ora, se ele teve acesso ao relatório, não sei em quais circunstancias, deve ter tido também acesso às justificativas apresentadas mas não as incluiu na Representação justamente para criar o fato político. A preocupação do  adversário já deve ser por conta do anúncio da minha pré-candidatura à prefeitura de São José de Ribamar em 2016”, arrematou.

Durante a entrevista, o ex-prefeito Luis Fernando, com serenidade e segurança de argumentos, discorreu sobre todos os pontos levantados pela promotora e comprovou, com vasta documentação, a total improcedência da Ação.

Luis Fernando fez questão de valorizar e enaltecer o papel do Ministério Público, mas lamentou o fato de não ter tido a oportunidade de comprovar perante a promotoria que todos os questionamentos que fundamentam a Ação já se encontram, há bastante tempo, devidamente justificados ao TCE. À imprensa, o ex-prefeito exibiu, ainda, certidão do TCE atestando que todas as suas Contas de Governo (2005 a 2010) já foram aprovadas pelo Tribunal.

Luis Fernando afirmou que, independentemente do direito de se defender no processo, faz questão de recorrer à imprensa para que o cidadão maranhense e, em especial, os ribamarenses, tomem conhecimento de toda a verdade sobre o assunto.

As obras questionadas na Representação (pavimentação de ruas na Vila Sarney Filho I e acesso à Praia do Meio) foram iniciadas na administração de Luis Fernando, em 2010, e somente concluídas na administração do atual prefeito, Gil Cutrim, a quem coube apresentar a prestação de contas.

Dos R$ 5 milhões do convênio, foram pagos na administração de Luis Fernando, aproximadamente R$ 1,9 milhões. Vasta documentação e relatório fotográfico comprovam a execução das obras, o que torna inexplicável o pedido da promotora de bloqueio de bens em valor superior a R$ 5,7 milhões, o que, sem dúvida, além de exorbitante e desnecessário, por terem sido as obras executadas e concluídas, trata-se de um mecanismo processual somente usado em situações de execução de sentença, segundo advogados presentes na reunião.

Por fim, Luis Fernando reafirmou sua convicção de que a Justiça mais uma vez será feita e o processo não servirá de instrumento político-eleitoreiro para o seu adversário.

Hein?! Léo Coutinho na TV: “Nosso grupo sempre respeitou os professores; nosso grupo sempre tratou bem os funcionários”

Léo Coutinho acredita que respeita professores e 
trata bem o funcionalismo
Se alguém acha que faltava alguma coisa na falta de sensatez do grupo que domina a política caxiense há 10 anos, já não acha mais.

O prefeito Léo Coutinho usou sua emissora de TV no início da tarde desta quinta-feira, 26, para mais um festival de otimismo, falta de sensatez e para se dirigir para seus correligionários mais apaixonados.

Foi o que pareceu na entrevista ao apresentador Ivan Brasil, na TV Sinal Verde. Léo Coutinho usou o espaço para dizer, entre outras coisas, que o seu grupo político faz um tratamento ‘diferenciado’ para os professores e demais funcionários do município.

Nosso grupo sempre respeitou os professores; nosso grupo sempre tratou bem os funcionários do município”, disse o prefeito caxiense que aproveitou a entrevista para falar outras bobagens e insanidades do tipo.

Em questão salarial os leitores sabem perfeitamente que o slogan publicitário de “Pode Arrochar” nunca caiu tão bem, pois a família Coutinho paga os piores salários da região leste em todos os níveis aos servidores do município.

Sobre o carnaval, que parece que ainda vai ser explorado por muito tempo, LC disse que os funcionários de 2 estabelecimentos comerciais da Avenida Alexandre Costa, “me parabanizaram pelas vendas feitas no carnaval”, disse o jovem prefeito afirmando que uma pizzaria daquelas imediações, “nunca vendeu tanta pizza”. Quanta argumentação para o nosso ‘preparado’ gestor...

Sobre a ‘sua’ administração, ele praticamente lavou as mãos, pois deposita todas as esperanças de que algo seja feito na cidade devido a ajuda do governador Flávio Dino.

Talvez iludido por alguém que o carnaval na Avenida Alexandre Costa, que foi bem recebido pela população, e o asfaltamento de algumas ruas mudou sua popularidade para níveis aceitáveis, a direção da TV Sinal Verde teve a infeliz ideia de liberar o telefone para participação dos telespectadores.

Não deu outra. Léo Coutinho e sua administração foram trucidados nos telefonemas.

Caso repita a operação para testar sua popularidade via telefone ao vivo, com certeza o prefeito vai recomendar um filtro para saber o humor das perguntas que virão.

Pois a pequena demonstração ao vivo se mostrou desastrosa.

A não ser que sejam escalados as velhas figuras de sempre, que possuem um bom salário na Prefeitura de Caxias para achar que está tudo bem e que os coutinhos são os melhores gestores do nordeste.

Brincadeira pode sair caro!!! Ministério Público abre procedimento para Câmara Municipal de Caxias adequar Portal da Transparência

Pode não terminar nada bem a insistência da gestão Ana Lúcia Ximenes em não cumprir o que determina a Lei da Transparência.

Com um Portal da Transparência que nada informa e que está paralisado há mais de um ano, o Ministério Público em Caxias, através da 1a Promotoria de Justiça, tendo a frente o promotor Romero Lucas Rangel Picolli, já notificou a presidente da Câmara, Ana Lúcia Ximenes para, num prazo de 30 dias, regularizar o referido endereço eletrônico do legislativo, ou informe em 10 dias se irá fazê-lo.

A preocupação do MP para que a presidente Ana Lúcia pelo menos informe se irá ou não regularizar a atualização correta do Portal é na verdade uma forma de se ganhar tempo para uma eventual procrastinação do pedido.

Até o término do prazo para cumprimento da recomendação, a presidente Ana Lúcia Ximenes será ouvida pelo promotor da Vara da Fazenda Pública no procedimento já instaurado por conta do não cumprimento do referido endereço eletrônico de prestação de contas na internet.

(Australopithecus afarensis
Retrato em alto relevo do Portal 
da Transparência da Câmara
(Homo habilis) Retrato em alto 
relevo do Portal da Transparência 
da Prefeitura de Caxias
Bem, o Portal da Transparência da Câmara Municipal e seu ‘parceiro’ da Prefeitura de Caxias, são dois viajantes do tempo e estão atualmente na idade das cavernas.

Mesmo no tempo das cavernas, os dois endereços eletrônicos possuem alguma diferença.

O do governo Léo Coutinho vive na idade do Homo habilis enquanto aquele sob responsabilidade de Ana Lúcia Ximenes está ainda mais atrasado, na idade do Australopithecus afarensis.

A ‘antiguidade’ dos mesmos deve-se ao fato que ambos nem de longe lembram o que deve ser um Portal da Transparência conforme preconiza a Lei que os criou.

Com informações atrasadas há vários meses, o da Prefeitura só apresenta uma despesa média mensal de R$ 4 milhões de reais enquanto as receitas passam de R$ 20 milhões.

Já na Câmara, as últimas despesas lançadas datam de dezembro de 2013, tornando-o sem nenhuma utilidade, haja vista que a maioria das despesas não estão a disposição do cidadão.

Diante das cobranças do blog, e da vigilância do Ministério Público, os dois gestores devem em breve acionar a máquina do tempo e se adequarem aos novos tempos.  

A não ser que queiram enfrentar e afrontar o Ministério Público e a Constituição Federal...

Vereadora Taniery Cantalice propõe asfaltamento de ruas, criação de programa de saúde mental e prioridade para idosos, gestantes e pessoas com deficiências

Vereadora Taniery Cantalice
A vereadora Taniery Cantalice apresentou nesta quarta-feira, 25, na Câmara Municipal, 3 importantes projetos de Lei propondo medidas de melhorias à população caxiense.

Observando a precariedadade da 1a Travessa Alto da Cruz, localizada no bairro Nova Caxias, a parlamentar solicitou ao prefeito que a mesma fosse asfaltada.

Sensibilizada com a dificuldade que pessoas com deficiências enfrentam em locais públicos da cidade, Taniery apresentou um Projeto de Lei (No 01/2015) que “estabelece prioridade no atendimento às pessoas idosas, gestantes, e às pessoas com deficiência física, sensorial, mental e intelectual, em hospitais públicos e demais equipamentos de saúde, incluindo unidades básicas e de pronto atendimento no âmbito do município de Caxias, na forma que indica e dá outras providências”.

Outro importante PL da vereadora oposicionista visa garantir a reinserção social de pessoas com deficiência mental no município e que não tenham, “por indicação médica, condições de comparecer voluntariamente as unidades de saúde especializadas de tratamento”, diz trecho do PL No 02/2015.

É meu papel, mesmo como oposicionista, propor leis e projetos que possam servir ao bem-estar da comunidade”, justificou Taniery ao ler seus projetos na sessão ordinária do legislativo.

Após a apreciação das comissões do parlamento, os projetos seguem para sanção do prefeito Léo Coutinho para que possam ser colocados em prática.

Tudo Embaralhado

Por Edson Vidigal, advogado, foi presidente do Superior Tribunal de Justiça e do Conselho da Justiça e Ministro Corregedor do Tribunal Superior Eleitoral.

Quem passando ali defronte ao Palácio do Planalto, onde os grandões da República cuidam dos seus afazeres tem a atenção voltada para aqueles rapazes perfilados em duas fileiras na imensa rampa a lembrarem pelo fardamento à moda antiga que seguimos sendo perante Portugal um Brasil independente.

Chova ou faça sol eles se alternam compondo a mesma paisagem. Quem estando em Brasília pela primeira vez resiste à ideia de um selfie com eles, os Dragões da Independência,  ao fundo?

Quando os ventos escasseiam e a secura se impõe ao clima do planalto há, em cada rodizio entre os Dragões, um deles desmaiando. Fazem um trabalho difícil, quase de estátua. E como é difícil ser estatua...

Embora vistos de longe até pareçam estátuas, mas são gente em carne e osso e neurônios. Noventa bilhões de neurônios se entendem ou não uns com os outros em cada cérebro daqueles.

Li que as conexões entre os neurônios, chamadas de sinapses – e elas somariam mais de cem trilhões – podem determinar  ao nosso cérebro reações de êxtase ou de inibição.

O ponto de equilíbrio é controle emocional, também chamado de freio por ser o que nos impede de num impulso transpor fronteiras como as da razão, da ética, da moral, da tolerância.

Não nos tem passado despercebidas no cenário nacional desta atual Pátria Educadora situações no mínimo inusitadas a nos levarem a uma busca obrigatória para entendermos o que realmente está acontecendo, até mesmo para nos imantarmos de alguma certeza de que não somos nós os menos certos.

No campo da psicologia há quem afirme que o maior ou menor numero de sinapses nos cérebros das pessoas tem a ver com o exercício profissional de determinados afazeres.

A pesquisa de James E. Black, porem, não assegura se o trabalho extra, aquele que se faz fora do campo estritamente profissional, desencadeia novas sinapses ou se os que as tem em maior quantidade são os que se sentem mais atraídos a ações mais desafiadoras.

O soldado do Batalhão da Guarda Presidencial, também conhecido como Dragões da Independência, disse que nunca havia pensado nisso antes, mas que pela primeira vez sentiu uma vontade irresistível de roubar alguém. Daí planejou o assalto.

Pegou um revolver de brinquedo e sem pensar mais em nada, movido apenas pelo piloto automático do cérebro, escolheu a vitima. Anunciou o assalto e o assaltado se anunciou como Delegado da Policia Federal e lhe deu voz prisão, entregando-o à Delegacia mais próxima.

O soldado tem 21 anos de idade. Está preso agora no batalhão da Guarda Presidencial e após o inquérito administrativo que concluirá por sua expulsão, o que será de sua vida?

Com a breve biografia manchada por um antecedente desse jaez precisará, com certeza, de tratamento psiquiátrico adequado que o restituirá à sociedade devidamente ressocializado.

O erro do jovem Dragão foi, talvez, acreditar que de tanto ler e ouvir falar em traficâncias dos grandes ele também, embora sendo um menor na hierarquia do poder, também poderia inventar sua própria contribuição ao atual momento.

A propósito, sabes como reagiu o ultimo diretor da Petrobrás a ser preso?

- Que País é este?

Rafael Leitoa rebate críticas de Alexandre Almeida

25.2.15
O deputado Rafael Leitoa (PDT), em pronunciamento feito na sessão desta terça-feira (24), rebateu as críticas feitas pelo deputado Alexandre Almeida (PTN), que colocou em dúvida a assinatura do contrato de privatização do sistema de abastecimento de água do município de Timon.

O contato – que delega os serviços de água e esgoto do município por 30 anos e que foi assinado no último dia 20 de janeiro, pela prefeitura de Timon e a empresa EGEA – repercute na ordem de R$ 200 milhões em investimentos. De acordo com Rafael Leitoa a construção da estação de tratamento de água será construída no prazo de um ano, colocando um fim na série histórica da falta d’água em Timon. O deputado garantiu ainda que o processo da concessão foi discutido em audiência pública com os vereadores e com os moradores daquela cidade.

Rafael Leitoa afirmou que o Sistema de Abastecimento de Água e Esgoto, de Timon – SAAE, que tem capacidade de investimento de R$ 300 mil, não vai deixar de existir, muito pelo contrário, ele vai continuar funcionando com as prerrogativas que foram criadas em Lei. Disse ainda que o prefeito Luciano Leitoa garantiu em sua campanha que iria construir uma estação de tratamento de água.

Para o município de Timon a maneira mais plausível e mais inteligente é fazer uma Concessão, até porque conceder não é vender, é delegar o serviço por um determinado período. Todo bem público retorna ao ente público. É uma delegação de serviços inclusive fiscalizada pelo próprio município com a criação da agência reguladora”, afirmou Rafael Leitoa.

Finalizando, o parlamentar, ao salientar que o Poder Público tem que ser audacioso e buscar alternativas, disse acreditar no modelo e que Timon será a primeira cidade do Maranhão a ter 100% de esgoto tratado. “Eu acredito no modelo e acredito no sistema. Nós não podemos ficar parados, sem buscar alternativas de soluções para as coisas acontecerem. Com essa estação de tratamento de água o município de Timon terá um sistema misto. Hoje apenas um poço, no Centro da cidade, abastece mais de quase 50% da nossa população”, enfatizou Leitoa. (Da Agência Assembléia)

COMEÇA AÇÃO DO ESTADO PARA LIBERAR CRÉDITO A PEQUENOS PRODUTORES RURAIS

A partir desta segunda-feira (23) até sexta (27), pequenos produtores da Região dos Cocais contarão com assistência de técnicos da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), nos municípios de Caxias e Timon, ação que deve garantir aos trabalhadores a liberação de cerca de R$ 16 milhões, do Governo Federal, para aplicação em seus projetos.

É o atendimento descentralizado da Unidade Técnica Estadual(UTE), do Crédito Fundiário, que estará mais próxima do produtor, garantindo agilidade na execução dos projetos e no acesso aos recursos federais.

Reunião com produtores
A medida do Governo do Estado vai beneficiar mais de oito mil famílias de produtores rurais e 117 projetos, localizados em diversas regiões do estado, que estão parados por falta de assistência técnica e, consequentemente, impossibilitados de acessar os recursos, na ordem de R$ 26 milhões.

Na experiência piloto do atendimento regionalizado, ocorrida no início deste mês, os técnicos da SAF conseguiram o desbloqueio de R$ 459 mil, beneficiando 17 projetos dos municípios de Chapadinha, Vargem Grande, São Benedito do Rio Preto e Nina Rodrigues.

Onde procurar o atendimento

A Unidade Técnica Estadual vai atender nos escritórios da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp), de 8h às 14h. Em Caxias, o escritório é situado na Rua Riachuelo, 336, Centro. Em Timon, é na Av. Viana Vaz, 186, Centro.

Mídia palaciana fica em silêncio!!! Vereador Antonio Luis confirma que Caxias já está recebendo ajuda do estado de mais de R$ 4 mi para saúde

No último dia 4 deste mês, com o título “A bola é tua, Léo Coutinho!!! Governo do MA faz convênio de R$ 4,5 mi mensais para rede de saúde de Caxias”, abordei no blog uma notícia maravilhosa para nossa cidade e uma verdadeira redenção para o setor mais traumático do governo municipal (que você pode ler novamente aqui).

Silêncio da Câmara sobre convênio milionário foi 
quebrado pelo sempre sincero Antonio Luis Assunção
Naquela postagem esclareci que o governo do Maranhão deveria anunciar a qualquer momento a celebração do referido convênio que seria aplicado no custeio geral da saúde do município de Caxias.

Os recursos serão usados em todas as etapas da saúde do município, desde a atenção básica até o funcionamento do Centro de Oncologia, que está em vias de ser concluído e funcionará num anexo do Hospital Geral de Caxias“ diz trecho daquela postagem.

Abordei também a situação de verdadeiro desespero por que passam os prestadores de saúde de Caxias. “... Por outro lado, os prestadores de serviço na saúde do município tendem a diminuir a quantidade de tranquilizantes que ingerem diariamente diante dos atrasos nos pagamentos a que são submetidos. Alguns chegam a fazer terapia de grupo para superarem a agonia por que passam.

Pois bem, 20 dias depois e nada da mídia coutinhiana soltar nem uma nota sequer sobre o assunto.

Nem mesmo numa entrevista qualquer do nosso jovem prefeito ele citou, mesmo de longe, algo nesse sentido.

Este blog tem fontes confiáveis e só publica informações quando estas possuem indícios de veracidade.

Alguns empresários que possuem negócios com a Secretaria de Saúde de Caxias chegaram a me procurar para saber da veracidade daquela postagem, pois os mesmos me garantiram, ainda na semana passada, que nada mudou pelas bandas do prédio da Rua Aarão Reis, endereço da Secretaria de Saúde do município.

Na Câmara Municipal, nenhum obediente integrante da base aliada se prestou a dar a boa notícia para esperançosos prestadores de saúde da cidade num grande discurso.

Mas, com a sinceridade que lhe é peculiar, coube ao vereador Antonio Luis Assunção confirmar o que este blog revelou no dia 4 de fevereiro: que já está em pleno vigor o convênio que garante R$ 4 milhões de reais mensais para o custeio da saúde de Caxias.

A Secretaria de Saúde estava muito endividada, mas aos poucos as coisas irão se resolver”, acredita o vereador e médico Antonio Luis esperançoso de que as finanças da pasta irão ser regularizadas por conta do convênio de R$ 4 milhões mensais.

Portanto senhores credores, corram que a grana está lá.

Só vai no empurrão!!! Léo Coutinho: a incapacidade de administrar

Na primeira sessão legislativa do parlamento caxiense, realizada nesta segunda-feira, 23, confirmou-se oficialmente o que se ouvia da boca dos correligionários do grupo Coutinho: com a vitória de Flávio Dino nas últimas eleições, a administração do prefeito de Caxias iria, finalmente, deslanchar.

RETRATO DO GOVERNO LÉO COUTINHO / Até 
combustível nas ambulâncias do Samu já chegou a 
faltar em Caxias, sendo que o MS nunca 
deixa de enviar os recursos
Da boca de obedientes aliados do Palácio da Cidade ouviu-se repetidamente: “agora com o apoio do governador Flávio Dino nossa cidade vai avançar”, repetiam um atrás do outro os vereadores governistas.

A constatação do pensamento dos edis é a constatação do fracasso da atual administração em Caxias.

Explico aos meus 3 ou 4 leitores o motivo da minha análise.

O Ministério da Educação, responsável pela garantia do envio de recursos ao setor via Fundeb, disponibiliza a cada unidade da federação valor por aluno matriculado, assim como usa a mesma fórmula com os recursos da merenda escolar. Seja Caxias, Teresina, São Luis ou São João do Sóter, esse valor é distribuído por aluno, não podendo determinado município receber mais ou menos recurso pela importância de um padrinho político, por exemplo.

Na Saúde é  a mesma coisa. Quantidade de leitos, consultas, partos, cirurgias e demais procedimentos são pagos por atendimento prestado.

Dessa forma, um gestor não pode alegar que essa ou aquela cidade está sendo colocada de escanteio pelo governo federal ou coisas do tipo.

Diante do quadro apresentado acima, não existe justificativa para as cidades de São João do Sóter, Aldeias Altas, Codó, Timon e outras da região leste, pagarem salários superiores aos seus professores com uma variação de até 30% acima que Caxias, haja vista que o dinheiro disponibilizado para 1.000 (mil) alunos é proporcional aos municípios que possuem 10.000 (dez mil) alunos matriculados.

Também não sou contra - e espero que os comentaristas do blog que sejam beneficiado$ pelo grupo Coutinho entendam isso, mesmo que seja difícil para eles colocá-los frente a frente com a realidade, e que o mundo das maravilhas pintado pela mídia palaciana é tão verdadeiro como uma cédula de 3 reais -, de parcerias e convênios que estão por vir e este blogueiro espera e torce que venham.

Léo Coutinho paga os piores salários da região em todos os níveis porque essa é a linha de pensamento do grupo.

O prefeito de Caxias não proporciona um bom atendimento na saúde porque não sabe administrar. “Ah Sabá, mas Caxias é uma macrorregional de saúde”, diz aqueles que se prestam para o papel de defensor de uma administração que já provou por A + B da sua incapacidade de prestar um bom atendimento no setor. Meus caros, todo procedimento que é feito nas unidades de saúde do município é gerado uma AIH – Autorização de Internação Hospitar, que garante o ressarcimento pelo serviço prestado.

Será que aquela velha e surrada desculpa do governo Léo Coutinho, que reclama que mais da metade dos atendimentos de Caxias é feito para pessoas de outras cidades e que por isso o atendimento é falho, consegue convencer alguém?

Resumo da ópera: Com a garantia de que ‘agora’ a administração Léo Coutinho vai deslanchar devido a ajuda do governo Flávio Dino, vê-se que nosso jovem prefeito “só vai no empurrão”.

Rafael Leitoa cobra informações sobre Centro Tecnológico em Timon‏

24.2.15
Em pronunciamento feito na Assembleia Legislativa, na tarde desta segunda-feira (23), o deputado estadual Rafael Leitoa (PDT), relatou a visita feita, na última sexta-feira, às instalações do Centro Tecnológico de Timon, no Parque Alvorada, onde constatou de perto o andamento da obra.  Iniciada em setembro de 2009 e com previsão de entrega para 210 dias, o Centro, que tinha como objetivo ser uma Escola Técnica Estadual, ficou abandonado durante anos.

Rafael Leitoa, apresentou aos deputados fotos que demonstram o abandono de onde seria instalada a escola. Tomado pelo mato, com apenas uma pessoa que faz as vezes de vigia, mestre de obras e pedreiro, o Centro Tecnológico é apenas uma lembrança de uma escola que poderia trazer infinitos benefícios à juventude timonense.

O Centro Tecnológico de Timon já consumiu mais de cinco anos de construção, recursos estaduais e a esperança de vários jovens timonenses e ainda não foi concluído. Ao todo, foram investidos mais de 1 milhão e meio de reais, com recursos provenientes da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, hoje comandada pelo deputado estadual licenciado, Bira do Pindaré.

Segundo Rafael, o secretário Bira do Pindaré tem uma missão importantíssima, que é finalizar uma obra tão importante para a juventude de Timon. Onde o estado poderia profissionalizar centenas de jovens, que procuram em Teresina uma educação de melhor qualidade, é feito o inverso e estes jovens, por falta de opção, migram para a cidade vizinha.

Questionado pelo deputado Alexandre Almeida (PTN), se o motivo da obra estar parada desde o governo de Jackson Lago (PDT), era uma ação jurídica sobre a desapropriação do terreno, Rafael Leitoa foi enfático e disse que a responsabilidade é do governo anterior, de Roseana Sarney, que esqueceu a cidade de Timon durante seus mandatos.

A obra está em andamento até o final do ano, com um funcionário ‘puxando’ um piso e ficou paralisada durante dois anos, sendo hoje, o grande problema, o ritmo que ela se encontra. Sem falar no CAIC, no Pedro Patrício, também abandonada pelo antigo governo e que hoje, ao invés de afastar a juventude da periferia de Timon, da marginalidade, serve apenas para consumo de drogas”, acrescentou Rafael Leitoa.

Nosso partido tem um compromisso pela educação, e não nos furtaremos de nossas responsabilidades. Enviaremos à Mesa Diretora da Assembleia um requerimento solicitando todas as informações relacionadas ao Centro Tecnológico e o real motivo de seu abandono”, finalizou. (Do blog do Ludwig Almeida)

Vereador Neto do Sindicato comemora resultado do carnaval e está confiante no trabalho do governo Flávio Dino junto ao homem do campo

Vereador Neto do Sindicato
O vereador Neto do Sindicato usou a tribuna da Câmara nesta segunda-feira, 23, para comemorar o resultado de vários aventos carnavalescos apoiados por ele. “Proporcionamos uma bonita festa nos povoados Marruá, Cabeceira dos Cavalos, Chapada e outros, além de eventos em alguns bairros de Caxias”, revelou o vereador que afirmou que nesses eventos, “não presenciamos casos de violência”.

Na segunda parte do seu discurso, Neto do Sindicato destacou as primeiras ações do governo Flávio Dino direcionadas ao homem do campo e a consequente melhoria do IDH no estado.

Fico feliz por ver que o governador Flávio Dino priorizou resgatar essa triste realidade do homem do campo maranhense, que é a melhoria do IDH”, disse Neto ressaltando que isso só será possível, “com a participação do agricultor familiar nesse processo”.

Vereador durante evento carnavalesco na zona rural de Caxias 
Citando o vizinho estado do Piauí, onde o governo petista que tomou posse recentemente está em busca de novas culturas e novas alternativas de cultivo para o homem do campo, o vereador caxiense disse que esse exemplo deve ser seguido em Caxias e no Maranhão. “Temos que fazer algo parecido com nosso vizinho, pois é nossa missão dar condições para o desenvolvimento do trabalhador rural”, afirmou o parlamentar.

Na condição de representante legitimo dos trabalhadores rurais, Neto do Sindicato disse saber da sua responsabilidade com a categoria, “que me escolheu como seu representante e onde tenho o dever de cumprir com os anseios do nosso irmão do campo e isso eu irei buscar em todos os momentos do meu mandato”.

Teve de tudo na Câmara!!! Catulé: “o prefeito é birrento e mimado como criança”; Thais: “Nossa saúde é a melhor da região” – Oposição protesta e situação vê Caxias das mil e uma maravilhas

Governistas estão pintando o melhor dos mundos 
na administração municipal
Na abertura dos trabalhos legislativos ocorrido nesta segunda-feira, 23, os vereadores caxienses deram o tom de como serão os embates neste ano pré-eleitoral.

Os situacionistas, que antes da posse de Flávio Dino no governo do Maranhão não enxergavam problemas administrativos na gestão Léo Coutinho, aproveitaram os primeiros dias das parcerias entre o município e o novo governo para afirmarem categoricamente que o governo Léo Coutinho é o melhor do estado.

Parabenizo o deputado Humberto Coutinho, o governador Flávio Dino, a ex-deputada Cleide Coutinho, autora da emenda que garantiu o nosso carnaval, ao prefeito Léo Coutinho e a todos os assessores pelas conquistas obtidas e pelo excelente carnaval”, declarou o ultra-governista Jerônimo Ferreira servindo como abre alas do que estava por vir da tropa de choque aliada do Palácio da Cidade.

Em mais uma prova de desprezo ao parlamento caxiense, o prefeito Léo Coutinho não compareceu na abertura dos trabalhos legislativos, sendo que coube ao vereador Antonio Luis Assunção ler a mensagem enviada pelo mesmo à Câmara.

Num cenário das mil e umas maravilhas, o alcaide elencou obras de 4 e até 5 anos feitas ainda na gestão de Humberto Coutinho, tais como campos de futebol e ginásios poliesportivos como fazendo parte da sua prestação de contas de 2014.

Até pintura de escola entrou na ‘prestação de contas’ do jovem prefeito.

Mas coube ao vereador Catulé colocar a Casa em ordem e dar um choque de realidade nos empolgados colegas da base de apoio do prefeito.

Primeiro vereador da noite a usar a tribuna, Catulé iniciou seu discurso fazendo uma avaliação do cenário nacional, com inflação, escândalo na Petrobras, juros altos e lembrando que o povo foi às ruas em 2013 cobrar seus direitos. Depois do preâmbulo nacional, Catulé trouxe o assunto para nossa cidade e fez um relato preciso da situação por que passa a atual administração.

É público e notório que o município não vai bem”, deu as boas vindas o oposicionista. “Nossa cidade está em âmbito nacional na questão da saúde, onde a imprensa estadual e nacional mostram o infanticídio que ocorre na nossa Maternidade”, abordou Catulé para em seguida mostrar que falta sensibilidade ao inquilino do Palácio da Cidade. “Diante desse quadro, assistimos agora a Prefeitura fazer uma grande festa de carnaval, que eu não sou contra, mas quando passamos por tanta dificuldade, poderíamos fazer uma festa menor, pois falta médico e assistimos esse infanticídio em nosso município”, protestou o parlamentar que continuou duro na sua análise sobre a administração coutinhiana.

Catulé estava numa noite inspirada e tocou na ferida mais hemorrágica do governo municipal. “Não vamos esquecer que quem ganha licitação nessa cidade são sempre os amigos do prefeito”, disparou o parlamentar sem ser questionado uma única vez pela ampla maioria governista.

Para os governistas mais obedientes, Catulé os magoou profundamente em seguida ao se estender nos comentários em relação ao prefeito. “Temos um prefeito birrento, que faz desta Casa um quintal da Prefeitura e age como um menino zangado quando é contrariado”, analisou o vereador lembrando que assim que foi tomou posse, Léo Coutinho disse na tribuna da Câmara que queria ser cobrado pelos vereadores, “mas nunca mais pisou neste parlamento”.

No final do discurso o oposicionista lamentou mais uma vez a deselegância do prefeito em não comparecer na Câmara e nem mandar um secretário lhe representando.

Coube a vereadora Thais Coutinho ocupar a tribuna e tentar fazer um contraponto ao discurso de Catulé.

Sem preparo e sem argumentos plausíveis, Thais Coutinho iniciou sua tentativa de defesa do primo prefeito afirmando que “a saúde de Caxias é a melhor do interior do Maranhão”. Como não poderia deixar de ser, a platéia se dividiu entre atônitos e céticos em saber se ela estava falando realmente sério ou estava gravando algum quadro de humor diante das câmeras da TV do prefeito que estavas a postos na sessão desta segunda-feira.

Durante o dia, mais detalhes da primeira sessão legislativa de 2015 que se iniciou como solene e terminou sendo uma espécie de estopim do que virá de agora em diante no parlamento caxiense.

Só vai na pressão!!! Arrochado pelo Sintrap e com milhões do Fundeb, Léo Coutinho concede reajuste aos professores

23.2.15
Não será nada confortável a noite de sono desta segunda-feira, 23, do prefeito Léo Coutinho. É que diante da forte pressão encabeçada pelo Sintrap, e das constantes e incansáveis cobranças deste blog, finalmente ele concedeu um reajuste mínimo aos professores da rede pública de ensino.

O anúncio do reajuste foi feito nesta segunda-feira, na reabertura dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal de Caxias.
Com os recursos do Fundeb crescendo cada vez 
mais, Léo Coutinho não teve mais desculpas para 
não conceder um reajuste mínimo aos professores

Coube ao vereador Mário Assunção dar a notícia.

Antes de anunciar o reajuste, que o vereador tratou erroneamente como “aumento”, o líder do governo citou a briga deste blog pelo aumento dos professores.

Sempre leio blogs e costumo ver um deles aqui em Caxias afirmar que o aumento dos professores não é feito por uma briga entre o prefeito e a secretária de Educação”, iniciou sua fala o vereador governista para tentar dar ares de grande feito do Palácio da Cidade a concessão do reajuste. “Pois essa briga não existe, porque o prefeito acaba de conceder um aumento de 13,01%, retroativo a 1o de janeiro, e que será depositado na conta dos professores por meio de uma folha suplementar já nesta sexta-feira, 27”, afirmou Assunção.

O que o vereador tratou como “aumento”, e que certamente o governo Léo Coutinho irá gastar rios de dinheiro para martelar na cabeça da população isso, só acontecerá de fato devido a forte pressão exercida pelo Sitrap, que nos últimos dias usou as redes sociais na internet, fez protestos em carros de som, em rádio e panfletagem de uma nota de repúdio contra a situação calamitosa que passam os professores que não tem seus salários reajustados minimimamente.

As mentiras e o cinismo do Prefeito não têm limites e no dia 13/02, após saber das denúncias feitas pelo SINTRAP em carros de sons nas ruas da cidade e nas Rádios Alternativa e Veneza cobrando o reajuste, ele usa a TV para, descaradamente, ousar dizer que o salário dos professores saiu sem reajuste porque não sabia o valor de 13,01% que o Governo Federal havia concedido. Mas ele sabe que o repasse do FUNDEB já foi reajustado em janeiro de 2015” diz trecho da nota de repúdio lançada pelo Sintrap nos últimos dias.

Pelo que o leitor do blog acompanha neste espaço, a família Coutinho tem o lema, criado pelo deputado Humberto Coutinho, de que, paga mal, “mas paga em dia””.

Sem conseguir resistir a forte onda de cobranças do Sindicato da categoria, o prefeito Léo Coutinho, finalmente cedeu e fez o que ele menos gosta: anunciou um reajuste mínimo aos mestres caxienses.

Terá uma dificuldade ‘daquelas’ para pegar no sono esta noite.