Te inspira, Léo!!! Secretário de Transparência e Controle do MA diz que Portal da Transparência foi adulterado e escondia informações no governo Roseana

28.1.15
As informações vindas a público pelo secretário estadual de Transparência e Controle, Rodrigo Lago, de que o governo Roseana Sarney adulterava o Portal da Transparência na internet deve ter deixado o prefeito de Caxias, Léo Coutinho, com calafrios.

Secretário estadual Rodrigo Lago tem muito a ensinar 
para Léo Coutinho sobre transparência
Rodrigo Lago declarou à imprensa que o portal não apresenta corretamente as informações extraídas do sistema financeiro estadual. “Quase 60% dos recursos gastos pelo governo anterior eram secretos. Instalaram dolosamente filtros na geração dos arquivos da transparência. Muito dinheiro do maranhense foi transferido para entidades privadas, inclusive durante as eleições, mas não foram informados”, denunciou.

Prefeito Léo Coutinho precisa urgentemente 
bater um papo sobre transparência com Rodrigo 
Lago. Será que essa conversa vai acontecer?!
Bem, o prefeito Léo Coutinho, pela força política do tio, deputado eleito Humberto Coutinho, tem acesso a todos os órgãos do governo do estado desde a posse de Flávio Dino. Pela proximidade com o poder, e pela mesma idade e formação de Rodrigo Lago (ambos são advogados formados em São Luis), Léo Coutinho deve esbarrar com ele frequentemente na capital.

Acredito que entre um e outro assunto sobre os desafios do novo governo e os pepinos encontrados da gestão passada, os dois jovens advogados podem em algum momento tocarem nesse assunto.

Tanto um quanto o outro podem dar uma verdadeira aula sobre transparência.

Lago tem na ponta da língua todos os erros cometidos pelo governo anterior que tornava secretos a maioria dos pagamentos feitos naquele triste e sombrio período e que, caso sejam confirmadas as fraudes existentes na mecânica do software que gerava as informações, a ex-governadora poderá ser condenada por ato de improbidade administrativa e ter os direitos políticos cassados, enquadrada na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Já Léo Coutinho tem, dependendo da ótica do interlocutor, muito para ensinar ou para aprender.

Em Caxias, o Portal da Transparência do município na internet funciona exatamente, ou no mínimo muito parecido, com o seu irmão a nível estadual funcionava na gestão passada.

O governo Léo Coutinho, apesar do avanço constante da tecnologia, possui um Portal da Transparência bastante rudimentar em comparação ao do seu tio, Humberto Coutinho, quando o mesmo governou a princesa do sertão no período de 2005/2012.

Acho melhor o prefeito caxiense evitar cruzar com Rodrigo Lago nos corredores do Palácio dos Leões ou, quando isso for impossível, ficar com o celular ao alcance das mãos para no caso do assunto do Portal da Transparência ser tocado, ele fazer uma chamada urgente para não ter que passar pelo constrangimento de discutir algo que não tem motivo nenhum para se orgulhar.

Em questão de Portal da Transparência na internet, Léo Coutinho não é um bom exemplo para ninguém. Ou melhor, é um péssimo exemplo.

2 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    blogueiro publique as comentários ou tire essa local p gente fazer os comentarios

  1. claudio saba disse...:

    Não acusando sem provas, denegrindo a imagem e a honra de quem quer que seja, pode ficar tranquilo que publico todos. Ah, palavrões também não são aceitos. ABRAÇOS!!!

Postar um comentário