De novo!!! Prefeitura de Caxias não paga salário dos servidores da saúde e culpa o Ministério da Saúde pelo atraso

26.1.15
Servidores da saúde sem dinheiro para pagar IPVA, material 
escolar e matrícula dos filhos (imagem ilustrativa)
Parece que mesmo com a chegada ao poder de um governador aliado foi suficiente para o prefeito Léo Coutinho melhorar um pouco a área da saúde de Caxias.

Há vários meses sofrendo com constantes atrasos salariais, os servidores da saúde em Caxias continuam não tomando conhecimento de que agora o governador é amigo do prefeito de Caxias.

Nunca reconhecendo atraso ou qualquer problema no setor, neste final de semana a Prefeitura finalmente veio a público para justificar, ou pelo menos tentar, o motivo do atraso salarial das centenas de funcionários lotados na Secretaria de Saúde.

Numa nota dvulgada nas redes sociais, a Prefeitura de Caxias diz que o atraso no pagamento dos salários referentes ao mês em curso deu-se por problemas do próprio Ministério da Saúde que não “fez a operacionalização do pagamento do teto financeiro da media e alta complexidade ambulatorial e hospitalar (MAC) referente a parcela 1/2015”.

Ainda de acordo com a nota, esse atraso do MS “impossibilitou, na data prevista, o pagamento dos salários de servidores referente ao mês de janeiro de 2015”.

No final, a Prefeitura afirma que a situação será regularizada “nos próximos dias mediante a liberação dos recursos por parte do Ministério da Saúde”.

Bem, caros leitores, essa ‘explicação’ do município mais parece o velho e conhecido “cerca lourenço”, haja vista ser muito difícil acreditar que o MS continue, repetidas vezes, criando algum tipo de problema somente com o município de Caxias, que é o único a apresentar essa justificativa para o atraso nos salários.

Seria bom se na mesma nota a Prefeitura disponibilizasse o telefone da Ouvidoria do MS ou de algum órgão de controle dos recursos públicos para que o cidadão pudesse averiguar a informação ou reclamar do atraso nos repasses que vem acontecendo frequentemente.

Seria uma grande ideia do governo Léo Coutinho.

Abaixo, a nota do governo Cada Vez Melhor sem o número da Ouvidoria para que os barnabés da saúde possam protestar:

2 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    se fosse só os salário, tava tudo bem. mais tem forncedores que não recebem desde de junio/2014, só mesmo os dos esquemas é quem recebem em dia. Tá feia a coisa.

  1. Anônimo disse...:

    Ainda bem que é só 1 mês. E os profissionais do Projovem Urbano que não recebem há 4 meses e como sempre a culpa é do MEC/Secadi. Pensam que somos bobos.

Postar um comentário