Da série “meu dinheiro, por favor”! Fornecedores e prestadores de serviço da Prefeitura de Caxias continuam lamentando falta de pagamento

14.1.15
Empresários ‘parceiros’ do governo municipal ficam o dia inteiro 
ao redor do prédio da Prefeitura dividindo os lamentos entre eles
Não sei nem por onde começar. O prefeito Léo Coutinho diz que está  tudo em dia no seu governo. A mídia palaciana divulga a felicidade em todos os setores da Prefeitura. O deputado Humberto Coutinho “confessa” na TV que o sobrinho prefeito tem atrasado alguns pagamentos, mas que logo, logo, tudo estará resolvido, e no meio dessa salada de versões, os fornecedores e prestadores de serviço da Prefeitura de Caxias sofrem o "pão que o diabo amassou" e falam cobras e lagartos do nosso jovem prefeito nas imediações do Palácio da Cidade.

Quem fica próximo a esses empresários por poucos minutos consegue saber detalhes de bastidores de arrepiar os cabelos.

Curioso com o lamento sem fim dessa turma que toca o dia a dia da máquina da Prefeitura, resolvi pesquisar se de fato o governo federal não está repassando alguns recursos específicos na área de alimentação e transporte escolar, setores onde estão os mais revoltados parceiros da viúva caxiense.

E as notícias que consegui levantar na minha pesquisa não são nada confortáveis para a versão da Prefeitura de que os recursos não estão disponíveis.

Os meses em atraso na alimentação e no transporte escolar são novembro e dezembro.

Dados do FNDE mostram que recursos de 2014 já foram liberados e estão na conta da Prefeitura 
de Caxias desde o ano passado

Em 14 de novembro, através do FNDE, no Programa Nacional de Alimentação Escolar, os cofres da Prefeitura de Caxias receberam exatos R$ 39.036,00.

Em 30 de dezembro, no mesmo Programa, uma verdadeira chuva de dinheiro caiu nos felizes cofres do governo Léo Coutinho. Em 7 parcelas daquele dia, os recursos para alimentação escolar alcançaram a incrível quantia de R$ 396.220,00, somando R$ 435.256,00 (quatrocentos e trinta e cinco mil, duzentos e cinquenta e seis reais) somente nos meses alegados pelos fornecedores da Prefeitura de que não receberam pelos produtos entregues.

Indo em outra fonte de recurso, o Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar, justamente aquele que proprietários de ônibus e pequenas vans ganham a vida labutando na única fonte de renda que possuem, descobre-se que o governo federal foi justo com o município de Caxias e depositou, em 30 de dezembro, o restante da verba de R$ 626.022,21, disponibilizando R$ 69.557, 97 (sessenta e nove mil, quinhentos e cinquenta e sete reais e noventa e sete centavos), o que não é muito dinheiro para os problemas da gestão Léo Coutinho, mas uma verdadeira salvação para esses trabalhadores que tem que fazer a manutenção dos seus veículos, pagar prestações dos mesmos, quitar a divida com o posto de combustível, fazer a matrícula dos filhos na escola, bem como comprar livros e muitas outras despesas.

Tomando a dianteira no enfrentamento dos ‘parceiros’ do governo Cada Vez Melhor está o todo-poderoso Berilo Araújo.

Duro e absoluto, “tio” Berilo é a primeira e última palavra em questões financeiras do governo municipal.

Sabá, a gente fala com o prefeito e ele manda resolver com o “tio Berilo”, mas nessa hora é que descobrimos que nossa agonia não representa nada para esse povo”, revolta-se um fornecedor e partidário do grupo Coutinho.

Começo a achar que Humberto Coutinho tem razão em reconhecer que o sobrinho "deve na praça”.

Mas bem que ele poderia dar um puxão de orelha nele pra ver se o pagamento com esses recursos disponíveis desde o dia 30 de dezembro de 2014 seja efetuado.

É que essas pessoas tem despesas viu, deputado!

6 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    É Sabá, enquanto Caxias recebe mundo de dinheiro, o governador Flávio Dino, ja começou a mostrar as unhas, sem consultar ninguém, mexeu onde não devia. Mudou a tabela de pagamento do servidor público do estado, coisa que há mais de 30 anos o pagamento era realizado dentro do próprio mês. Agora os servidores estadual, ja receberam o primeiro presente, e vai ter que efetuar seu pagamentos de débitos com atraso. Parabens Flavio Dino pelo presente. Essa é a mudança....

  1. Anônimo disse...:

    É uma série que dá pra ir pro FANTÁSTICO! KKKKKKK... Arrocha Léo Coutinhoooooooooo

  1. Anônimo disse...:

    Caro bloguista Sabá, esses empresários que reclamam são iguais a rapariga vagabunda, qui apanham mais num largam o macho delas

  1. Anônimo disse...:

    Aguentem mais um pouquinho que tem dindin no próximo ano

  1. Anônimo disse...:

    Flavio Dino por favor pague nossos salários, estamos trabalhando!!!
    Servidores Hospitais e UPA S .
    Votei no senhor
    Por favor me pague!!!

  1. Quem mandou votar no homem ?????

Postar um comentário