Aluno da rede municipal de ensino de Timon ganha medalha em Olimpíada

31.10.13
Lucas da Silva , ganhador de medalha na XVI
Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica
A Prefeitura Municipal de Timon, e a Secretaria Municipal de Educação de Timon (Semed), comemora a medalha de bronze na XVI Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) do aluno Lucas da Silva Araújo, que estuda na U. E. João Joca de Assunção, no povoado Bonitinho, zona rural do município.

A OBA é executada por uma comissão de astrônomos profissionais da Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) e engenheiros da Agência Espacial Brasileira (AEB). É organizada anualmente com recursos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), órgão vinculado ao Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação (MCTI).

A gestora e professora da unidade escolar estiveram na Secretaria Municipal de Educação de Timon para conversar com diretores de departamentos sobre os bons resultados alcançados pela escola na OBA. “Foi um desafio que aceitamos. Mas, temos que tentar e começar. Dei aulas de revisão, fizemos o que foi possível. Então nas outras oportunidades vamos inscrevê-los novamente. E, se investirmos no Lucas, ele pode alcançar a medalha de ouro na próxima competição”, frisou o professor Francisco de Deus Nunes, que inscreveu e preparou os 32 alunos da Escola Municipal João Joca de Assunção que participaram da OBA.

Lucas da Silva Araújo afirmou se sentir honrado de representar a escola e o município e ter conseguido lugar de destaque na competição. “Eu me senti muito honrado, porque essa oportunidade foi muito boa para nossa escola. E não só eu, mas também a escola estão de parabéns. A ajuda dos professores foi muito necessária e muito boa”, afirmou.

“Estou muito orgulhosa. Foi um resultado maravilhoso. Agora vamos trabalhar para ganhar a medalha de ouro”, disse a diretora da escola, Rosa Maria Tavares da Costa.

A coordenadora do Departamento de Ensino da Semed, Ceres Noleto, falou da gratificação de ver a conquista do aluno da rede municipal de ensino. “Estou muito feliz. A equipe gestora da escola que tomou a iniciativa de inscrever os alunos e os preparou. Fico muito feliz de participar desse momento de premiação. É sinal de que a educação do município está avançando e vamos trabalhar para continuar assim”, disse. (Fonte: Ascom/Timon)

Só resta a greve! Como previsto, Léo Coutinho não envia proposta de Plano de Cargos e Salários da Guarda Municipal ao legislativo

De nada adiantou a movimentação dos guardas municipais tentando dialogar com o Palácio da Cidade e a Câmara Municipal para terem o tão sonhado Plano de Cargos, Carreiras e Salários aprovado pelo legislativo.

Esgotadas todas as tentativas de diálogo com o poder executivo, onde o Sindicato dos guardas concedeu todos os prazos pedidos pelo prefeito Léo Coutinho, na sessão desta quarta-feira, 30, quando era esperado o envio à Câmara de o PCCS da categoria, nenhuma palavra nesse sentido foi pronunciada pelos governistas da Casa do Povo.

Ao contrário dos colegas de situação, todos os oposicionistas usaram os microfones para se colocarem do lado da valorosa Guarda Municipal e cobraram duramente uma posição do governo sobre o assunto.

“Eu não vou cansar de reivindicar aqui uma solução para os anseios dos guardas municipais”, disse Taniery Cantalice puxando o coro dos descontentes com o descaso da questão salarial da categoria.

Benvinda Almeida, Fábio Gentil, Luis Carlos Ximenes e Catulé também protestaram sobre a falta de uma solução para as reivindicações dos guardas.

“Eles pedem melhorias salariais há vários anos e nunca foram ouvidos nem pelo atual e nem pelo ex-prefeito”, apontou Fábio Gentil.

Catulé foi mais enfático na sua análise sobre a situação.

“Eu gostaria que nossa cidade não fosse lembrada como terra de poetas, pois os poetas gostam de poesia, boemia e de amor, e isso em alguns momentos esfria os ânimos dos caxienses”, discursou Catulé para em seguida cobrar uma posição mais firme dos guardas municipais. “Vocês erraram quando pararam o movimento após o prefeito pediu 90 dias de prazo, e eu alertei naquela oportunidade que ele não iria cumprir com a palavra e que só queria enrolar vocês”, lembrou o oposicionista para em seguida sugerir uma greve: “vocês tem que cruzar os braços, pois com o aumento da violência, nenhum prefeito, por mais insensível que seja vai suportar uma guarda municipal paralisada”.

Está marcada para esta sexta-feira, dia 01°, uma assembleia do Sindicato dos Guardas Municipais para decidirem qual medida tomar diante da falta de diálogo por parte do poder Executivo.

As denúncias do blog sobre adiamento de cirurgias eletivas ganharam novo e grave ingrediente: “Existe suspeita de cota de cirurgias para vereador”, diz Antonio Luis na Câmara

SABE O QUE DIZ / Médico e
vereador Antonio Luis conhece
todos os labirintos da rede 
pública de saúde de Caxias
O blog atirou no que viu e acabou acertando o que não viu.

Depois de denunciar em duas oportunidades os constantes adiamentos de cirurgias eletivas no Hospital Geral do Município, o blog ficou perplexo com uma nova denúncia que surgiu durante a sessão desta quarta-feira, 30, na Câmara Municipal.

O vereador Antonio Luis, que também é médico e cirurgião geral no HGM trouxe a tona a suspeita de que existe naquela unidade de saúde uma cota de cirurgias eletivas para vereadores de Caxias.

“Soube que tem cota para vereador fazer cirurgia no Hospital Geral”, disse Antonio Luis deixando registrado ainda que prefere não acreditar. “Fiquei muito triste e não quero acreditar nisso”, comentou o vereador pedindo providências por parte dos parlamentares sobre o assunto.

“Gostaria que os vereadores se sensibilizassem com essa denúncia e que procurássemos o prefeito para falar sobre o assunto”, conclamou o vereador encerrando sua fala ressaltando a gravidade do tema: “É muito grave essa denúncia”.

O vereador Elias do Gesso também tocou no assunto durante a sessão e relatou o caso de uma correligionária.

“Minha comadre está há seis meses tentando fazer uma cirurgia com um urologista que já foi adiada várias vezes, inclusive a última vez ela ficou de 07:00h da manhã às 05:00 da tarde e o Dr. Luis Domingos não apareceu no hospital para fazer a cirurgia”, protestou Elias que já teria levado esse descaso no HGM ao próprio prefeito Léo Coutinho.
Hospital Geral tem mais uma grave
denúncia a ser investigada

“Eu perguntei ao prefeito se o médico Luis Domingos não trabalhava mais no Hospital Geral, pois ele já faltou várias vezes na cirurgia da minha comadre”, reclamou o governista.

Tais Coutinho disse estar indignada com a denúncia do colega Antonio Luis.

“Fico indignada com essa história”, afirmou Tais para em seguida pedir investigação sobre o assunto. “Temos que averiguar isso, mas quero desde já deixar meu repúdio”.

Bem, se existe vereador com cota de cirurgias eletivas no HGM, naturalmente esse parlamentar faz parte da base do governo.

A denúncia saindo da boca do vereador Antonio Luis ganha uma força e uma dimensão ainda maior.

Antonio Luis é médico em Caxias há cerca de 25 anos e sempre no serviço público. Conhece como poucos os meandros da rede de saúde do município.

Sendo integrante da base governista e levantando esse assunto no parlamento, o vereador sabe da repercussão do tema e onde e a quem isso vai chegar.

Sendo a saúde o calcanhar de aquiles do governo Léo Coutinho, a partir de agora os bastidores da saúde do município irão ferver.

Obra que a Sinfra tentou fazer na Areinha, que Prefeitura de São Luis não deixou, continua inacabada

30.10.13
População chegou a protestar contra as máquinas da 
prefeitura no local, por suspeitarem de que obra 
não seria feita tão cedo. Pelo jeito, estava certa.
Matéria divulgada no Jornal do Maranhão, 2ª Edição da TV Mirante, na edição do meio dia desta quarta-feira, dia 30, confirma “o não faz e nem deixa fazer” da Prefeitura de São Luís, comandada pelo pupilo do chefão comunista do Maranhão, Flávio Dino, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, o Holandinha.

No final de agosto, atendendo a um pedido da comunidade e de vereadores, a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Sinfra) tentou fazer a obra, após dar entrada na documentação para liberação do alvará e pagar as taxas referentes ao processo.

Quando as máquinas da empresa contratada pela Sinfra chegaram para pavimentar a Avenida 48 e mais outras ruas do mesmo bairro, agentes da Blitz Urbana proibiram a execução da obra e máquinas da prefeitura tomaram de conta do espaço, prometendo executá-la.

Dois meses depois, a obra, que seria feita pela Sinfra em duas semanas, continua sem promessa de conclusão.

Ao povo, só resta o direito de espernear. E é o que fazem incisivamente cidadãos da Areinha no vídeo abaixo, com relação à obra que a prefeitura tomou de conta para fazer, e que não faz e nem deixa os outros fazerem.

Denúncia foi feita pelo Jornal dos Cocais em 2008 - Humberto Coutinho e mais 9 pessoas são acionadas pelo MP por irregularidades em convênios

Morador do povoado Caxirimbú disse na época não
saber quem estava fazendo o kit sanitário em sua casa
Irregularidades na execução de dois convênios firmados entre o município de Caxias e o Governo do Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em 2009, levaram o Ministério Público a ingressar com Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa e Denúncia (na esfera penal) contra 10 pessoas. Os convênios previam a construção de 3.157 módulos sanitários e domiciliares em 36 povoados do Município.

São alvo da Ação Humberto Ivar Araújo Coutinho (ex-prefeito), Berilo Souza de Araújo, Eugênio de Sá Coutinho Filho (ex-secretário municipal de Habitação e Saneamento), Othon Luis Machado Maranhão (ex-presidente da Comissão Permanente de Licitação), Alexandre Henrique Pereira da Silva (presidente da Comissão Permanente de Licitação), Jovan Balby Cunha, Agostinho de Jesus Maciel e Silva Neto (representante legal da empresa Exatas Empreendimentos e Construções Ltda.), Vicente de Paula Ferreira Batista Filho, Francisco das Chagas dos Santos (proprietários da empresa Exatas Empreendimento e Construção Ltda.) e James Lobo de Oliveira Lima (controlador-geral do Município). Apenas o último não foi denunciado criminalmente.

O primeiro convênio previa apoio financeiro para a construção de 3 mil módulos sanitários e domiciliares a serem construídos em 32 povoados. O valor conveniado era de R$ 11,4 milhões, sendo R$ 10,83 milhões repassados pelo Estado do Maranhão e R$ 570 mil custeados pelo Município. O segundo convênio previa a construção de outros 157 módulos sanitários e domiciliares, no valor de R$ 596,6 mil, dos quais R$ 566,7 mil foram repassados pelo Estado e R$ 29,83 mil custeados pelo Município.

Diversas irregularidades foram apontadas pelo Serviço de Fiscalizaçao de Convênios da SES, Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) e pela Assessoria Técnica da Procuradoria Geral de Justiça nos convênios 21/2009-SES e 33/2009-SES. O primeiro convênio foi parcialmente cumprido, atingindo 90,17% da execução. Já o segundo não foi cumprido.

Entre os problemas estão a transferência de recursos da conta específica do convênio para outras contas e bancos, termo de aceitação da obra sem assinatura do responsável técnico da empresa, ausência de comunicação à Câmara de Vereadores sobre a assinatura de convênio, não realização de pesquisa de preços prévia à licitação e habilitação de empresa que não atendia à qualificação técnica exigida.

Kit sanitário completo
Foi verificado, ainda, que houve superfaturamento das obras, resultando em prejuízo de R$ 1.289.539,79 ao erário. O próprio objeto dos convênios não foi cumprido, pois povoados previstos não receberam nenhum módulo sanitário enquanto outros, que não estavam listados inicialmente, receberam os equipamentos.

Na ação, a promotora Carla Mendes Pereira Alencar detalha as irregularidades cometidas pelos acionados. O ex-prefeito Humberto Coutinho, por exemplo, foi o responsável pela assinatura e execução dos convênios, que foram descumpridos, além de homologar o resultado, embora existissem uma série de irregularidades.

Já o ex-secretário Berilo Souza de Araújo permitiu o saque e a aplicação irregular dos recursos dos convênios, além de afirmar em depoimento na Promotoria de Justiça que os recursos haviam sido devidamente aplicados, o que não ocorreu.

James Lobo de Oliveira Lima, apesar de exercer o cargo de controlador-geral do Município, foi o responsável pela defesa da empresa Exatas Empreendimentos e Construção Ltda, o que é vedado pelo Estatuto da Advocacia. Sobre o tema, a promotora Carla Alencar questiona: "Qual providência adotou para defender os interesses do Município de Caxias? Nenhuma, haja vista o conflito de interesses em jogo, eis que deveria atuar na defesa da legalidade dos atos administrativos do Município, mas defende o contratante e o contratado, apesar deste não ter cumprido os termos dos contratos firmados com o Município de Caxias".

Na Ação Civil Pública, a Promotoria requer, como medida Liminar, que seja decretada a indisponibilidade dos bens e a quebra do sigilo bancário dos envolvidos no período de abril de 2009 a junho de 2010, com exceção de James Lobo de Oliveira Lima.

Ao final do processo, o Ministério Público requer a condenação dos envolvidos por improbidade administrativa e por crimes de Responsabilidade e outros previstos na Lei de Licitações e no Código Penal Brasileiro.

Fonte: (CCOM-MPMA)

Errata: a denúncia do Jornal dos Cocais aconteceu em 2009 e não em 2008 conforme consta no título da postagem.

Flávio Dino apresenta queda drástica de índices em São Luís, revela série histórica de pesquisas…

De acordo com a “Medição das Curvas” dos candidatos a governador – que podem ser ascendente ou descendente – Luis Fernando Silva melhora desempenho pesquisa após pesquisa. Queda do chefão comunista coincide com desgaste da gestão de Edivaldo Júnior e independe da presença de Eliziane Gama na disputa

Do blog Marco D’Eça

O chefão comunista Flávio Dino apresenta “Curva Descendente” na avaliação da série histórica das pesquisas de intenção de votos em São Luís, entre os meses de abril e outubro.

Série Histórica é um painel que os analistas de pesquisas elaboram com os principais resultados, mês a mês, para tirar uma média de crescimento ou queda dos candidatos.

Para montar a série histórica de São Luís, os analistas partiram dos primeiros meses da gestão de Edivaldo Holanda Júnior (PTC), que chamaram de “Marco Zero”, e chegaram até outubro, passando pelo inicio do desgaste da gestão Holandinha, pelas manifestações de rua, desistência da candidatura do ministro Edison Lobão (PMDB), fortalecimento do nome de Luis Fernando, posicionamento da deputada Eliziane Gama (PPS) e  fim do prazo para filiações partidárias.

Nesta série, no seu melhor momento, o comunista – que chegou a ter mais de 50% no início do ano – alcançou menos de 40% das intenções de voto no cenários com Eliziane Gama, e chegou por volta dos 45% sem ela. No pior cenário ele cai para menos de 30%.

O desempenho de Luis Fernando é inversamente proporcional.

O pré-candidato do PMDB começou com pouco mais de 10% e superou a marca dos 20% em cenários com Eliziane. Sem a deputada na disputa, o secretário alcança quase 30% das intenções de voto em São Luís.

O que se percebe na margem de Luis Fernando é uma “cristalização das intenções de votos”, como chamam os analistas, o que não ocorre com Flávio Dino.

Cristalização dos votos é o nome dado pelos especialistas em pesquisas para dizer que um produto ou candidato tem desempenho constante e consistente.

A queda no desempenho de Flávio Dino à medida que se aproxima a eleição é tão evidente, que seu grupo decidiu não mais exibir pesquisas de São Luís desde o início da série, em abril.

Mas esta é uma outra história…

Alguém lembra de algum beneficio do Diga Não ao crack? Festa do Outubro Rosa... Será que além de mídia para promover o caótico governo Léo Coutinho, campanha servirá para alguma coisa?

Alguém conhece alguma ação do prefeito
Léo Coutinho no combate ao crack?
A campanha “Diga Não ao crack”, realizada pouco antes das convenções partidárias em 2012, foi usada para lançar o nome de Léo Coutinho na mídia com vistas ao mesmo ficar conhecido da população no pleito do ano passado.

A referida campanha teve o objetivo claro de deixar Léo Coutinho bem na foto com a comunidade caxiense, pois o mesmo era pré-candidato a prefeito e precisava urgentemente comandar algo grandioso e por uma causa nobre, e o combate ao crack caiu perfeito para os planos políticos do então prefeito Humberto Coutinho.

A distribuição de camisas com um “Não” estampado, o que é proibido pela legislação eleitoral no período das eleições, foi distribuída fartamente aos milhares naquela oportunidade, pois afinal, não era campanha, era apenas uma campanha de conscientização contra o uso do crack. Uma jogada de mestre de HC!

Ainda hoje existem milhares dessas camisas sendo usadas por caxienses de baixa renda.

Depois que tomou posse, alguém lembra de alguma ação especifica do governo Léo Coutinho para combater o crack? Alguém lembra uma campanha midiática igual aquela da pré-campanha para continuar a conscientização da população? Nada. Não houve nada nesse sentido! Até parece que Caxias ficou livre do crack de uma hora pra outra.

Como na campanha do crack, distribuição de
camisas parece ter sido principal objetivo
Em meio a índices baixíssimos de aprovação da sua administração, onde nenhuma pesquisa de opinião é apresentada à população caxiense, o mesmo script se repetiu agora, tendo como pano de fundo a campanha do Outubro Rosa.

E o que foi a campanha Outubro Rosa? Bem, apesar do objetivo ser dos mais nobres, a prevenção do câncer de mama, a campanha teve mais objetivos de propaganda do governo Léo Coutinho do que propriamente campanha didática de prevenção ao temível câncer de mama.

Foram prédios públicos iluminados de rosa nos locais mais visíveis para motoristas e motociclistas (antigo Fórum, Centro de Cultura, ruínas da Balaiada, catedral, Palácio do bispo).

Como a campanha “Diga Não ao crack”, o “Outubro Rosa” também teve na distribuição de milhares de camisas como a sua característica principal. Haja caxienses vestindo rosa daqui por diante...

Uma grande caminhada, com uma atração de renome nacional foi o ponto alto do Outubro Rosa.

Na Avenida Alexandre Costa, funcionários da Prefeitura, vereadores e correligionários do grupo Coutinho compareceram para ouvir música e fazer parte da “folia”. A mídia alinhada ao Palácio da Cidade se apressou em aplaudir uma suposta reviravolta na aprovação do governo Léo Coutinho.

Em outubro também se comemora o Dia do Professor.

A Prefeitura de Caxias não fez nenhuma programação para homenagear os mestres caxienses.

Também não poderia, pois atarefados com o Outubro Rosa, ficaria difícil conciliar uma outra campanha para os professores intitulada de “Outubro Negro”, haja vista os péssimos salários pagos à categoria do magistério em Caxias.

Imagem do dia: a escola da mudança que Flávio Dino quer espalhar no Maranhão…

O chefão comunista Flávio Dino deve viver no mundo da lua ou se achar acima do bem e do mal. Só isso justificaria seu comentário no Twitter, pregando escolas melhores para todos, enquanto seu partido, em São Luís, é responsável por servir colheradas de café com farinha como merenda escolar ás crianças da capital. Felizmente, há gente no Facebook como Leleca Soares, atenta a estes tipos. Ela publicou esta imagem, que bombou nas redes sociais… (Do blog do Marco D’Eça).

Caçamba desgovernada derruba grade de proteção de igreja no Morro do Alecrim

29.10.13
Uma caçamba desgovernada por pouco não provoca um grave acidente por volta das 11h40 desta terça-feira (29), em Caxias (MA). O veículo que transportava areia lavada apresentou problemas nos freios vindo a colidir com a grade de proteção e mureta da Igreja de Nossa Senhora do Sorriso, localizada na subida do Morro do Alecrim, ao lado do Farol da Educação.

De acordo com o motorista do veículo, identificado por Erick Clayton, 25 anos, no momento que apresentou problemas mecânicos na caçamba, ele consegui desviar de outros dois carros que estavam estacionados no acostamento da via pública e para evitar o pior, a única alternativa foi "jogar" o carro contra a mureta. A caçamba, placa LIV 4636, de Timon, parou a menos de 3 metros da parede da igreja.

Não muito distante do local da batida, exatamente no "Pé da Ladeira", vários operários do SAAE - Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Caxias estavam trabalhando na substituição dos canos de amianto, o que provavelmente provocaria uma tragédia, caso o veículo descesse o morro.

A carrada de areia estava vindo de Timon, Erick Clayton afirma que dirige desde os 15 anos de idade e garante ter sido a primeira vez que passou por uma situação como esta. (Fonte: Mano Santos/portal Noca).

Timon – Secretaria de Educação prepara eleições para gestor de escolas

Eleições para gestores de escolas municipais
A Prefeitura Municipal de Timon, por meio da Secretaria Municipal de Educação de Timon (Semed), realizará nesta quinta-feira (31) as eleições para diretores de escolas do município. O pleito acontecerá durante todo o dia, das 8h às 20h, e dez unidades escolares participarão do processo.

A chefe da Divisão do estatuto do Magistério da Semed e presidente da Comissão Eleitoral Central, Socorro Machado, diz que estão nos últimos preparativos para a eleição. “Estaremos passando nas escolas hoje (29), para entregar os kits da eleição, para que a escola tenha tempo de se organizar e tudo caminhe sem atropelos”.

Socorro Machado falou ainda sobre a expectativa destas eleições. “Esperamos que tudo corra bem, que todos votem com consciência e que não permitam que o processo eleitoral atrapalhe as aulas, pois cumpriremos a carga horária normalmente nestas escolas”, frisou.

As condições para que aconteça eleição numa escola municipal são definidas pelo Estatuto do Magistério: a unidade escolar deve funcionar nos turnos manhã, tarde e noite; oferecer do 1º ao 9º do Ensino Fundamental e ter mais de 250 alunos.

2013
Neste ano seis escolas terão chapa única: U. E. Ney Rodrigues de Vasconcelos (Mutirão), U. E. Pedro Falcão Lopes e anexo (Parque Alvorada), U. E. José Waquim (Parque Alvorada), U. E. João Fonseca Maranhão (Parque Alvorada), U. E. Darcy Ribeiro (Rua 100) e U. E. Domadora Lizete Farias (Rua 100). (Fonte: Ascom/Timon).

A constante repetição do descaso na saúde de Caxias – Cirurgias eletivas são adiadas mais uma vez no HGM

No último dia 09 deste mês, o blog do Sabá denunciou os constantes adiamentos de cirurgias eletivas ocorridas no Hospital Geral do Município. (relembre aqui: http://www.blogdosaba.com.br/2013/10/caos-na-saude-de-caxias-cirurgias.html)

Com o título “Caos na saúde de Caxias! Cirurgias eletivas são canceladas no Hospital Geral e pacientes correm risco de vida” abordei que a senhora R.SV. 72 anos, que estava então com cirurgia marcada há 3 meses, teve o procedimento cancelado sem nenhuma justificativa plausível. Assim como a aposentada, outras 14 pessoas também receberam a notícia do cancelamento do procedimento cirúrgico.

Pois bem, naquela oportunidade, todos os pacientes receberam a orientação de procurar novamente um médico no posto de saúde e iniciar mais uma vez todos os trâmites para a cirurgia.

Todos procuraram a Secretaria de Saúde e tiveram as cirurgias remarcadas para o dia 28 deste mês, ou seja, ontem, segunda-feira.

Mais como o caos e a bagunça na saúde de Caxias não tem remédio, mais uma vez todos foram mandados de volta pra casa com a cretina desculpa de que ontem (28) era feriado do servidor público.

A saúde, assim como a polícia, é um serviço público essencial e não pode ser descontinuado.

Embora os casos de cirurgias eletivas não sejam de urgência, muitos pacientes, na grande maioria idosos, procuram a rede pública para intervenção cirúrgica devido ao incômodo que esses males provocam.

Na leva de doentes que foram dispensados na manhã de ontem, existe uma senhora com pólipos no útero, que podem se transformar em câncer, que já teve o procedimento adiado por 6 vezes nos últimos 12 meses.

Um problema de vesícula, que se não for tratado a tempo pode implicar em uma piora significativa no caso, leva muita dor e sofrimento ao paciente.

Mas, pelos indícios, a dor e o sofrimento dos caxienses está em terceiro plano para a atual administração, pois parece que todos os esforços do governo municipal foram centrados no final da campanha Outubro Rosa e nas inaugurações da última sexta-feira, 25.

O slogan Caxias, Cada Vez Melhor ganha um ar de indignação para aqueles que necessitam do serviço público de saúde na cidade.

Toda paciência tem limites!!! Guarda Municipal pintada pra “guerra”

28.10.13
Imagem ilustrativa
O Sindicato dos Guardas Municipais de Caxias – Sigmac, através da sua página no facebook, publicou várias postagens mostrando-se disposto a ir até as últimas conseqüências diante da falta de compromisso do prefeito Léo Coutinho para com a categoria.

Num tom nunca antes usado pela entidade sindical, o Sigmac mostra que os próximos dias serão decisivos para as relações entre os guardas municipais e a atual administração.

Em uma das postagens, o Sindicato lembra da última campanha eleitoral quando Léo Coutinho era ‘vendido’ como um candidato que “tem compromisso e palavra também...”. Em seguida, lembram que só faltam 6 dias para saber se é verdade ou mentira. “FALANDO SÉRIO - Agora vamos discernir o que é ficção e o que é realidade...
Como o jingle da campanha para prefeito de 2012 diz:
Mas têm compromisso e palavra também...
Só restam 6 dias para saber se é verdade ou mentira...
Porque compromisso não é uma escolha
É honra, dignidade e respeito”.

Confira a nota divulgada pelo Sindicato dos Guardas Municipais:


NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Presidente do Sindicato dos Guardas Municipais de Caxias, vem através deste, comunicar a todos os membros e filiados desta entidade que se até ás 23:59hs do próximo domingo, 3 de novembro, não obtiver diretamente um posicionamento do Senhor Prefeito Leonardo Barroso Coutinho no que diz respeito ao acordo aferido em meados de junho, que trata essencialmente da resolução de questões peculiares a classe, dentre estas, o Plano de Cargos, Carreira e Salário, que este signatário juntamente com a diretoria e com a assessoria jurídica do SIGMAC, tomará medidas extremas quanto as diversas irregularidades praticadas na Guarda Municipal de Caxias.

Destacamos ainda que não seremos novamente instrumentos de manobras políticas, porque não somos figurantes e sim os atores principais desta epopéia, e que caso não seja regularizada as questões oriundas a categoria, encaminharemos na próxima segunda-feira, 4 de novembro, ao Ministério Público Federal e Estadual, Polícia Federal e aos demais órgãos competentes, documentos, ações e representações que comprovam as inúmeras irregularidades cometidas na "farsa" Guarda Municipal.

Ressaltamos a importância dos Poderes Legislativo e Judiciário, da sociedade e dos servidores efetivos da instituição no entendimento quanto a legalidade e a moralidade dos fatos, e que sempre buscamos paliativamente liquidar as mazelas instituídas na GMC através principalmente dos alicerce que baliza toda democracia, "diplomacia, harmonia, legalidade, moralidade, igualdade..."

Nestes últimos 12 anos sempre fomos expostos a condições sub-humanas no exercício de nossas funções, surrupiaram nossos direitos constitucionais e exerceram em plena democracia um regime ditatorial. Então será que é pedir demais a reparação de mais de uma década de percas salariais, ausência de direitos e de deveres, cursos de aperfeiçoamento e de qualificação profissional e as mínimas condições de trabalho?

Informarmos ainda que o SIGMAC poderá tomar outros posicionamentos de ordem, que serão definidos em Assembleia, e que por meio de seus representantes se manisfestará publicamente e através da mídia, a fim de expor a verdadeira realidade da GMC, nua e crua, doa em quem doer, se necessário, cortaremos até na própria carne, quem tem culpa no cartório que pague o preço, pois não ficará pedra sobre pedra, que não seja derrubada. SALVE NAÇÃO AZUL MARINHO.

O blog do Sabá tem acompanhado e apoiado todas as tentativas da valorosa Guarda Municipal de Caxias na busca por seus direitos e está, mais uma vez, do lado dessa importante categoria profissional da cidade no apoio as suas justas reivindicações.

Continua a fase de treinos e observações no Sabiá Futebol Clube para a Copa São Paulo

Os treinos preparativos para a Copa São Paulo continuam no Centro de Treinamento do Sabiá Futebol Clube.

O clube vem dado oportunidade para inúmeros garotos que têm vindo ao clube realizar testes para compor o time que disputará a Copa São Paulo de futebol Jr. em Janeiro de 2014.

Por meio da parceria entre o Sabiá e o São Luís, o clube da capital tem enviado parte dos seus jogadores para a fase treinos e observações do Sabiá Futebol Clube.  

Fazem parte do Sabiá no momento  na categoria sub-19: Arthur Luís - L. Esquerda, Marcelinho - L. Esquerda, Yuri - Zagueiro, Ronaldo - Atacante, Emerson - Meia, Bruno - Zagueiro, Wanderson - Zagueiro, Da Silva - Meia, Francisco Junior - Zagueiro, Kaykson - Volante, Fabrício - Volante, Leandro - Atacante, Mateus - Volante. Todos estes do recém- chegados do Clube São Luís.

Fonte: sabiafc.com.br

“Temos todas as condições de ganhar a eleição”, diz Lobão ao reafirmar apoio a Luis Fernando

Do blog do Gilberto Leda (informações da coluna Estado Maior)

“Temos todas as condições de ganhar a eleição para governador em 2014”. Quem faz a avaliação, exibindo convicção, é o ministro de Minas e Energia, senador licenciado Edison Lobão (PMDB), ao comentar o cenário da corrida eleitoral no Maranhão.

Ele acha que o candidato do partido, Luis Fernando Silva, vai muito bem na sua caminhada, reúne as condições para fazer uma boa campanha e mobilizar a maioria do eleitorado a seu favor.

“Eu apoio integral e incondicionalmente o Luis Fernando. Ele é experiente e está preparado para ser um grande governador” disse Lobão, ontem, numa conversa descontraída com a coluna.

O ministro justificou seu otimismo em relação às eleições – acha que o grupo elegerá o senador e as maiores bancadas estadual e federal – chamando atenção para três pontos: o governo está trabalhando muito e bem, o candidato a governador é bom e o grupo tem uma liderança forte e sólida, a governadora Roseana Sarney.

Lobão lembrou que o grupo liderado por Roseana Sarney “tem tradição de vitórias”.

Observou que sempre surgem adversários cantando vitória antes da hora, “mas nós temos um grupo forte, com grandes quadros e um grande apoio popular. É por isso que eu digo que temos condições de ganhar as eleições para o governo, para o Senado e para Câmara e Assembleia Legislativa”.

Eleições 2014 - E os ânimos já não são mais os mesmos

Embora ainda acometidos da “sindrome do governador”, mal que atinge 90% dos aliados de Humberto Coutinho em Caxias, que já dão como favas contadas a vitória de Flávio Dino em outubro do próximo ano, aos poucos muitos deles estão apresentando melhoras no quadro clínico e a “síndrome” já não é tão letal como antes.

Com o estreitamento das alianças partidárias e as pesquisas de opinião apresentando a candidatura de Luis Fernando Silva com 25% (esse número é maior que o esperado pelo próprio LF, que era de 20% para dezembro), muitos dos partidários do comunista em Caxias já não soam tão confiantes quando falam das eleições do próximo ano.

O movimento do PDT, que caminha para candidatura própria ao governo em 2014, por conta da falta de confiança nos acordos feitos com Dino há mais de um ano, aliada a péssima administração de Edivaldo Holanda Jr. na capital, onde praticamente todos os indicados pelo PC do B para compor os quadros do governo da ilha estão sendo afastados do cargo por incompetência, mostram um retrato do que seria um hipotético governo comunista no MA e isso tem sido um balde água fria nas pretensões dos pseudos comunistas locais.

Com a proximidade das eleições, ficará cada vez mais acentuada a volta à normalidade dos correligionários de HC em Caxias.

Caso Luis Fernando seja eleito governador nas eleições do próximo ano, com certeza Caxias terá que ampliar o número de leitos no seu Hospital Geral ou mesmo nos Caps existentes na cidade. Vai ter muita gente se tratando dos efeitos colaterais do resultado das urnas.

Portaria confirma que Flávio Dino recebe da Ufma para trabalhar na Embratur…

Do blog do Marco D’Eça
Portaria confirma: Dino atua na 
Embratur, mas recebe salário da Ufma

O blog Atual7 voltou a mostrar, hoje, que o chefão comunista Flávio Dino recebe salário da Universidade Federal do Maranhão mesmo sem dar aulas.

De acordo com o blog, a Portaria nº 337, de 24 de junho de 2011, assinada pelo reitor Natalino Salgado – e publicada no Diário oficial da União nº 122 – confirma a cessão do comunista com ônus para a própria Ufma.

Ou seja, Flávio Dino trabalha na Embratur mas recebe salários da universidade, apesar de ter negado desde o início.

- Responsabilidade do ônus: órgão cedente [Ufma] - diz a portaria assinada por Natalino. (ver reprodução acima)

Flávio Dino: porque esconder a verdade?
Há duas semanas, o Atual7 vem afirmando que Flávio Dino recebe salário da Ufma mesmo sem trabalhar, já que está cedido à Embratur.

Estranhamente – já que não há nada ilegal nisto – ao invés de explicar a cessão, o comunista resolveu negar a informação. E envolveu a própria Ufma, a assessoria do PCdoB e a Controladoria da União para sustentar a mentira.

Apesar das negativas de Dino, todos os dados referentes ao caso mostravam que ele recebia, sim, da Ufma. A pá-de-cal vem agora com a publicação da portaria pelo Atual7, num esforço de reportagem investigativa.

Só não se entende por que o chefão comunista resolveu insistir em negar a história, já que a remuneração dos cedidos tem que ser feita pelos órgãos cedentes, de acordo com a Lei 8.112.

A menos que queria esconder estar recebendo remuneração também da Embratur, o que -  isso sim – é ilegal.

Só isso justificaria envolver tantas instituições em uma mentira…

Humorista Danilo Gentili faz piada de campanha da Embratur para promover Brasil no exterior

Virou piada em rede nacional o vídeo produzido pela Empresa Brasileira de Turismo, Embratur, que está sendo usado para ‘vender’ o Brasil no exterior com vistas a atrair turistas para a Copa do Mundo de 2014.

De acordo com o humorista da TV Band, Danilo Gentili, no seu programa Agora é Tarde, o vídeo é na verdade uma peça de ficção, pois não estaria retratando o Brasil como ele realmente é.

“A Embratur faz campanha para melhorar a imagem do brasil pra copa”, começa Gentili iniciando suas criticas a campanha da estatal comandada pelo comunista Flávio Dino.

“A ideia é para o turista que aqui não tem protesto, não tem caos aéreo, ou tarifas de hotéis, em outras palavras, a ideia é enganar o turista”, brinca o apresentador antes de exibir o VT que mostra paisagens lindas, pessoas bonitas, cidade limpa. “O cara que fez esse vídeo vai ganhar um oscar de efeitos especiais, vamos ver um trecho do filme”, pede o humorista.

Nas primeiras imagens o close de uma linda mulher e várias outras mulheres lindas se divertindo em brincadeiras na praia com o texto: “Venha, Você vai se sentir em casa”, e segue-se mais mulheres lindas sorrindo, casal passeando feliz com um filho e o texto na peça publicitária: “O mundo se encontra aqui, Venha celebrar a vida” com a palavra Sensacional no subtítulo do vídeo e a imagem de uma mulher de braços abertos.

Quando volta para o cenário do Agora é Tarde, o roqueiro Roger (ex-ultraje a rigor) faz um comentário sobre o material promocional da Embratur: “não tem nem brasileiro no filme”, no que é seguido por Danilo: “não tem nem brasileiro no filme, é que pelo visto foi gravado fora do Brasil”, diverte-se Danilo que emenda: “Mas não se preocupe Roger, mas o Agora É Tarde tem o compromisso com a verdade, por isso nós fizemos uma campanha para divulgar o Brasil também, mas dessa vez o vídeo foi gravado no Brasil”, diz Gentili para em seguida exibir outro VT com imagens de assalto, jovem bêbado dançando numa festa, imagens de manifestantes em recente confronto com a polícia em São Paulo, estação do metrô lotada e em seguida faz o convite tirando sarro da campanha da Embratur: “Vem pro Brasil”.

Clique no link disponível aqui: http://agoraetarde.band.uol.com.br/videos/monologo/14727465/danilo-tira-sarro-de-campanha-da-embratur.html

Fora do governo (não) há solução?

* Por Francinaldo Morais

O general Golbery do Couto e Silva (1911-1987) morreu dizendo que nunca pronunciou a frase que inspirou o título deste texto. Jornalistas atuantes no período em que o “bruxo” orientava o governo, ao contrário, afirmam ser ele o autor da aludida frase. Embora para mim seja importante identificar a autoria das ideias que utilizo para inspirar minhas reflexões, neste caso vou mitigar esta orientação metodológica. Mais que  identificar o autor e dar-lhe os devidos créditos, privilegio aqui os sentidos práticos da enunciação, tendo em vista verificá-los em dois exemplos próximos e concretos. Analisá-los-ei  de forma comparativa.

O primeiro exemplo é o de um amigo muito próximo e dileto. Esse amigo é músico em Caxias-MA. É líder no seu meio e coordena os seus liderados institucionalmente em nível municipal. Já estive algumas vezes com esse amigo, conversando, em praças públicas. Nessas oportunidades pude verificar como ele é uma pessoa querida, reconhecida popularmente. Não obstante o seu reconhecimento público, já  se candidatou a vereador  três vezes (1988, 1992 e 2012) mas não conseguiu nem ao menos chegar próximo de ser eleito em nenhum dos pleitos. No último certame eleitoral, obteve quase trezentos votos e, afirmou-me, que gastou soma próxima de 10 mil reais. O eleito, menos votado do seu partido, conseguiu mais de 1200 votos. Como cidadão e cientista social não sinto a menor motivação para vis itar o Parlamento caxiense,  mas caso esse amigo fosse vereador, embora com ideologias distintas, teria ânimo para visitá-lo naquela Casa Legislativa.

O segundo exemplo  é o da atual primeira dama do município. Uma “ilustre desconhecida” do povo caxiense até assumir a direção da chamada Secretaria Municipal de Políticas para  as Mulheres (consultas: Lattes e Google). Antes disto, a futura primeira dama, além de obter registro como cirurgiã-dentista em 2008, não dirigiu nada e não se candidatou igualmente a cousa  alguma. Circula entre os servidores da saúde municipal que somente agora, em Caxias, com a eleição do marido, começou a exercer a profissão de odontóloga, em uma nova clínica particular, erguida próximo do nosocômio do ex-prefeito.

Essa mesma Secretaria da Mulher serviu de principal “trincheira” a partir da qual,   a  atual presidente da Câmara Municipal, lutou por sua eleição. Da mesma forma que a vereadora-presidenta, a primeira dama, cercada de um staff que aprendeu a fazer política através do social (mas diferentemente da vereadora-presidente, comenta-se que a primeira-dama-secretária-da-mulher dispõe de cheque assinado “em branco”), vem  movimentando a Secretaria rumo ao(s) Parlamento(s) ou, quiçá, ao Executivo Municipal (Vice?).

A última campanha da Secretaria da Mulher, finalizada dia 25 (11 a 25.10.13), com estrutura e ares de campanha eleitoral, afastou as últimas dúvidas quanto a  primeira dama ser o mais novo “quadro” político disponível da família Coutinho (Vide ACP- MPxPMC, “100 dias com você”). Ou alguém pensa que toda aquela movimentação foi simples integração à campanha internacional “Outubro Rosa”(www.outubrorosa.org.br/historia.htm), importantíssima na luta contra o câncer de mama? Pueril desconhecimento do jogo político caxiense se se  considera que os Coutinhos, fora da Prefeitura, engrossaram o coro dos que acusaram os Marinhos de desviarem  verbas (mais de 1 milhão de reais) do  Hospital do Cânce r de Caxias e, agora, os Marinhos, na “oposição”, acusam os Coutinhos de desviarem dinheiro destinado a criação de um Núcleo de Câncer no Hospital Geral (mais de 700 mil reais).

Do exposto, não interessa muito quem é o autor da frase: “Fora do governo não há solução!”. O que importa mesmo é que caso estas reflexões estejam corretas, ficará mais uma vez demonstrado que os que estão no governo, expresso no comando da máquina governamental, ou seja, no controle dos órgãos públicos, sua funções, seus servidores e, principalmente, seus recursos materiais e financeiros, podem inventar “soluções” para qualquer dificuldade, inclusive elegerem  “ilustres desconhecidos”.

* Francinaldo Morais é professor de História, membro do IHGC e acadêmico de Direito. (Dedico este texto aos petistas, pois ainda que alguns não sejam,  a maioria é golberyniana).

Timon realiza o 3° Mutirão da Catarata

27.10.13
3° Mutirão da Catarata de Timon
Foi realizado sábado (26) o 3° mutirão de cirurgias corretivas da catarata na cidade de Timon. A ação aconteceu no Hospital Alarico Pacheco, que está cedendo o centro cirúrgico a cada 15 dias, aos sábados, para realizar o procedimento. O primeiro mutirão aconteceu na cidade de Caxias. Nesta ocasião, a Prefeitura de Timon arcou com os custos de viagem e alimentação de 21 pacientes com seus respectivos acompanhantes para a realização da cirurgia.

Diversos profissionais de saúde, entre médicos cirurgiões, enfermeiros, anestesistas, auxiliares de enfermagem, participam da iniciativa. Para a abertura deste mutirão, estiveram presentes o secretário municipal de Saúde, Márcio Sá; a diretora da Poclínica, Geovena; a diretora do CAISM, Maria José Torres e o médico Francisco Magalhães. Até agora , 67 portadores da doença foram beneficiados com a cirurgia.

De acordo com o médico responsável pelo mutirão em Timon, Francisco Magalhães, o procedimento consegue resolver o problema em 99% dos pacientes submetidos à cirurgia, que dura em média entre 10 e 15 minutos. "A cirurgia é um procedimento simples e todos os pacientes operados recebem um acompanhamento médico para avaliação cirúrgica que ocorre no dia posterior ao procedimento".

Segundo o secretário de Saúde, Márcio Sá, Timon tem avançando com a oferta de mais serviços na área de saúde, e a possibilidade de se realizar a cirurgia de catarata no nosso município é mais uma conquista. “Essa é mais uma boa oportunidade para que o povo timonense, em especial os da terceira idade, realize este procedimento tão importante dentro de casa", destacou. (Fonte: Ascom/Timon).

Secretário Luis Fernando entrega veículos em Lago do Junco

O secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, representando a governadora Roseana Sarney, na tarde desta sexta-feira (25), entregou à população de Lago do Junco um micro-ônibus escolar e uma ambulância, doação do Governo do Estado.

A entrega dos veículos fez parte das comemorações de aniversário de 52 anos do município. Ainda como parte das celebrações, Luis Fernando e o prefeito Osmar Fonseca inauguraram o novo espaço de lazer da região, o Balneário Abdias Rodrigues da Silva.

“Trago hoje o abraço fraterno da governadora Roseana pelo aniversário do município, mas também trago ações e equipamentos para população, que aqui já recebeu um hospital e, agora, ganha mais uma ambulância, um ônibus e obras novas para cidade, disse.

Participaram da cerimônia o deputado estadual Zé Carlos Nunes; secretário adjunto de Assuntos Políticos, Junior Marreca, os prefeitos Waldemar Sousa (Lago dos Rodrigues), Maura Jorge (Lago da Pedra), Iracema Vale (Urbano Santos), Tancledo Macêdo (Paulo Ramos), vereadores, secretários municipais de Lago do Junco e municípios vizinhos, além de liderança políticas e comunitárias da região.

Luis Fernando Silva falou sobre o Plano Rodoviário executado pelo governo em todo o Maranhão que está garantindo desenvolvimento e mudanças na vida dos maranhenses. Para a região, destacou as obras como a estrada entre Paulo Ramos e Brejo, que já está em andamento, a rodovia entre Primeira Cruz e Santo Amaro, que em breve será licitada; e a estrada Lago da Pedra a Lagoa Grande.

“Trabalhamos com a verdadeira mudança. Uma mudança com obras concretas que mudam a realidade de vida do povo”, assinalou.

Ele falou ainda do compromisso da governadora em ligar todas as sedes dos municípios maranhenses por asfalto e contou mais uma boa notícia para Lago do Junco.

“O governo está garantindo asfalto para pavimentação de vias urbanas do município. O prefeito e o povo vão decidir onde irão colocar”, anunciou.

Na ocasião, o secretário participou da entrega de 50 Contratos de Concessão de Uso para moradores do Povoado Abelha. Ele entregou o título para um dos beneficiados, Jair Pereira Rosa, que comemorou a conquista. (Fonte: Portal GI).

Bastidores & Bastidores

Desencarnou
Quem observa com atenção as últimas ações da primeira-dama Liana Coutinho tem uma certeza: ela conseguiu se afastar da sombra da antecessora na Secretaria da Mulher. O sucesso da campanha Outubro Rosa, toda ela comandada pela atual titular da pasta, mostrou que o dinamismo existente hoje consolida a atual gestão.

Presidência
O estilo centralizador, e por vezes um pouco fora de tom da atual presidente da Câmara Municipal, Ana Lúcia Ximenes, é um fator contrário as suas pretensões de continuar comandando o parlamento caxiense.

Antecipação
Os boatos de que a eleição da Mesa Diretora pode ser antecipada para o início do próximo ano tem movimentado os bastidores da política tupiniquim. Os vereadores considerados ‘graúdos’ estão de olhos bem abertos e atentos para a manobra. O giro pode virar um giral.

Perdeu
E a Secretaria de Cultura de Caxias continua perdendo “talentos”. A saída de Penha foi a mais recente. Motivo? Excesso de competência. Dizem que baratinha não aceita ninguém brilhar mais do que ele por aquelas bandas.

IPTU
Preparem os bolsos. Vem ai a mais alta de tarifa de IPTU já feita em Caxias. A ordem de Berilo é arrecadar, arrecadar, arrecadar... Depois que o homem foi ‘tocado’ profundamente naquele chato exame masculino, voltou foi com sede ao pote.

Ciúme, inveja ou ódio mesmo?
E o suplente de vereador Elias do Gesso não poupa o secretário de Trânsito e Transporte de Caxias, Júnior Martins. Quase toda semana é uma estocada em JM. Ninguém entende os motivos que levam o parlamentar a ter uma verdadeira obsessão em atacar o secretário de Trânsito.

Com a boca na botija
Pegou mal a mentira dita pelo presidente da Embratur, Flávio Dino, em entrevista na revista Isto É desta semana de que trabalha na estatal do turismo até o meio-dia de sexta-feira e só faz política depois das 18:00hs. Dino enforca as sextas-feiras e as vezes as quintas para fazer política no MA.

Atuando em todas as direções
Não convidem a vereadora Taniery Cantalice pra briga no mundo virtual. Combativa na tribuna da Câmara, Taniery usa as redes sociais para fazer política quase 24 horas por dia. Quando é criticada ou questionada na internet, trata logo de responder qualquer que seja o assunto. Não deixa nenhuma crítica sem resposta e nenhuma dúvida no ar.

Academias
As tão propaladas academias ao ar livre, apesar de terem sido bem recebidas pela população, servem na verdade pra garotada se divertir. Para cada adulto que quer usar os aparelhos para fazer ginástica, surgem 5 crianças para fazê-los de parque de diversão.

Água, por favor
Os caxienses estão cada vez mais revoltados com a constante falta de água na cidade. Dia sim, outro também, o líquido deixa de pingar nas torneiras da cidade.

CGU aponta desviou de mais de R$ 11 milhões de verbas da saúde pública em Caxias

26.10.13
Nos últimos quatro anos, a Prefeitura de Caxias (MA), utilizou de forma irregular ou não apresentou prestação de contas referentes aos procedimentos ambulatoriais e hospitalares. O relatório é da CGU - Controladoria Geral da União e aponta que neste período (2009-2012), na gestão do ex-prefeito Humberto Coutinho, foram desviados mais de R$ 11 milhões do SUS.

Dentre as irregularidades encontradas pela CGU, indica que em alguns casos a Prefeitura de Caxias se omitiu a prestar contas das verbas públicas ou teve impugnação parcial e total das despesas. O montante chega a R$ 11.169.668,89.

Em 2009 foram: R$ 5.840.163,64
Em 2010 foram: R$ 2.440.224,35
Em 2012 foram: R$ 2.889.280,89

Quais são os procedimentos
Um simples exame, a marcação de uma consulta ou a autorização de alta do paciente, tudo isso, faz parte de procedimentos ambulatoriais e hospitalares que recebem verbas federais para serem executados pelas prefeituras.

Veja o relatório ano a ano

2009

2010

2012


Fonte: Mano Santos

Comando da reeleição de Dilma garantiu a Sarney apoio a Luis Fernando

Luis Fernando Silva
Ilimar Franco, O Globo com edição de Gilberto Léda

O PT e o comando da reeleição da presidente Dilma garantiram ao ex-presidente José Sarney alinhamento ao PMDB nas eleições do Maranhão.

O martelo só será batido ano que vem, mas já há garantia de apoio ao candidato da governadora Roseana Sarney (PMDB) [o secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, também do PMDB].

A filiação de Domingos Dutra ao Solidariedade e a falta de apoio do PCdoB ao PT na eleição de São Luís em 2012 [o partido apoiou a eleição do atual prefeito, Edivaldo Holanda Júnior (PTC)] facilitaram as coisas.

Há caso(s) de “pejotijação” em Caxias-MA?

* Por Francinaldo Morais

(...) a função da imprensa é ser o cão-de-guarda público, o denunciador incansável dos dirigentes, o olho onipresente, a boca onipresente do espírito do povo que guarda com ciúme sua liberdade (K. Marx, A liberdade de imprensa, 1980, p.68).

Um dia destes de outubro de 2013, fui procurado em minha residência  por um amigo, “das antigas”, que me pediu para ajudá-lo em uma ideia. Narrou-me que, cansado de trabalhar como empregado (pessoa física, natural), está decidido a se transformar em pessoa jurídica (empresa) tendo em vista prestar serviços para ex-patrões do setor de comunicação local (TVs e Rádios).

Justifica, esse amigo dileto, que já foi muito explorado nessas empresas, com acúmulo de funções (locutor anunciador, locutor operador, operador de áudio etc) e que pensa poder ser melhor reconhecido como empresa (P.J.).Perguntei-lhe se ele já teria ouvido falar em “pejotijação”. Respondeu-me que não.

Simplifiquei: “pejotização” é uma nova palavra, derivada da sigla P.J.(Pessoa Jurídica). Uma vez que em uma relação de emprego deve sempre figurar uma pessoa física (CLT, 2º e 3º), sendo regida a relação pelo Código Obreiro, a transformação do empregado em pessoa jurídica (“pejotização”), descaracteriza essa relação e a arrasta para um contrato privado, regrado pelo Código Civil. No aspecto formal, a manobra aparenta legalidade; no aspecto material, trata-se de uma ficção trabalhista, uma fraude tributária, previdenciária e contra a proteção do trabalho. Aqui vale a máxima: criminosos e crimes andam sempre à frente da Lei.

Informei-lhe que sob o pretexto de dar maior racionalidade ao sistema produtivo, capitalistas (empresários) brasileiros (e de outras partes do mundo) vêm adotando novas experiências fraudulentas de relações de trabalho. Sendo assim, a “pejotização” é mais uma das espécies de ataque sobre os trabalhadores, com o agravante de nela serem camufladas a precarização da relação  trabalhista e a criação de dificuldades da/na sua proteção legal (Sindicatos, Varas do Trabalho, DRT, TRT). Confortei--lhe informando que os operadores do Direito Trabalhista estão atentos. Sabem que a “pejotijação” não resiste ao confronto com princípios como o da “primazia da realidade” (CLT, 9º, 442 e 461).

Não obstante, disse-lhe, ainda, que tome muito cuidado, pois,    empresários acostumados com práticas de precarização das relações trabalhistas passaram a ver na “pejotização” mais uma forma de aumentar os seus lucros, iludindo trabalhadores, principalmente os que desenvolvem atividades intelectuais (Lei 11.196/2005, artigo 129).

Para ilustrar, complementei que tenho observado, pela televisão, um jornalista muito conhecido em Caxias, um ex-aluno  de História, afirmar que não é empregado do dono da empresa onde trabalha; que é pessoa jurídica, tem autonomia, pensa e fala o que quer (?); que é um prestador de serviços. Como ele repete goebbelsianamente isto quase todos os dias,  acabará   nos fazendo acreditar na ficção que divulga.

Em verdade, impossibilitados de perceber/entender criticamente formas novas e sofisticadas de opressão, com seus desdobramentos negativos para si e para o conjunto dos trabalhadores, não é incomum ver indivíduos defendendo a “pejotização”. Uma interpretação possível para essa conduta equivocada é que de tanto o opressor praticar arbitrariedades contra seus trabalhadores, alguns destes passam a desejar e até defender procedimentos opressivos como algo bom. Para finalizar, disse ao meu amigo jornalista, necessitado da  minha ajuda crítica, que esta interpretação pode se ajustar a conduta daquele meu ex-aluno de História, que tenho observado, reiterar com veemência, agir e pensar livremente, em uma empresa que funciona como um partido político.


* Francinaldo Morais é professor de História, membro do IHGC e acadêmico de Direito.

A 47ª extração do Sabiá da Sorte, que acontecerá neste domingo (27), traz 3 super premiações. Confira abaixo

1º PRÊMIO: Uma poupança no valor de R$ 3.000,00

2º PRÊMIO: Uma moto Honda Fan 0KM

3º PRÊMIO: Uma poupança no valor de R$ 15.000,00

Para concorrer a todos os prêmios, basta adquirir o título de doação no valor de R$ 5,00, junto aos vendedores credenciados, ou no escritório do clube, na Rua Costa e Silva, bairro Refinaria.

Cada título de doação vem com dois quadrantes, com combinações diferentes de números, aumentando ainda mais a chance dos doadores.

Todo o dinheiro arrecadado com a venda das cartelas, será em benefício do projeto da escolinha de base do Sabiá Futebol Clube e a construção da Fazenda da Esperança Nossa Senhora das Graças.

O sorteio é transmitido ao vivo, todos os domingos, e agora, acompanhando o horário de verão, a partir das 9h, pela TV Difusora Caxias e Rádio Tropical FM, além da rádio FM Nova Cidade do município de São João do Sóter.

Fonte: sabiafc.com.br e JL

Flávio Dino mente em matéria da revista Isto É - “O presidente da Embratur diz que fica no órgão até o meio-dia de sexta-feira e só faz campanha depois das 18 horas”

Até a foto que ilustra a matéria de Dino
na Isto É tem caráter promocional
A revista Isto É com certeza vai pensar duas vezes antes de publicar alguma reportagem tendo o presidente da Embratur, Flávio Dino, como fonte.

É que na edição n° 2293 da publicação da Editora Três, disponível desde a tarde de sexta-feira, 25, na versão eletrônica na internet e que nos sábados chega as bancas, já vem com uma grande mentira embutida.

Numa matéria em que Flávio Dino é vendido como vítima da família Sarney, que teria lançado “campanha predatória contra o principal candidato da oposição” surgem algumas incongruências.
Fotomontagem da página do secretário municipal de Esporte de Caxias
apresenta Dino, Léo Coutinho, Victor Palmeira e o próprio Adelmo Soares
em eventos da Prefeitura na manhã de ontem (25)

A reportagem, assinada pelo jornalista Cláudio Dantas Sequeira, é toda tendenciosa e apresenta o comunista como “... A maior ameaça à hegemonia dos Sarney chama-se Flávio Dino, que lidera as pesquisas para o governo do Estado com quase 60% de apoio...”.

Funcionárias da Secretaria de Esporte de Caxias posando
com Flávio Dino durante inaugurações de ontem (25)
Pois bem, o roteiro da matéria promocional do bravo e correto Davi contra o temido Golias, além de apresentar o comunista como líder das pesquisas tenta desqualificar as denúncias que pesam contra ele.

Nas justificativas e explicações dada pela ‘vítima’ Flávio Dino, tem uma que chama a atenção pela audácia de tentar desmentir um fato que todos no Maranhão sabem: Flávio Dino enforca as sextas-feiras na Embratur e, vez por outra, também as quintas.

“O presidente da Embratur diz que fica no órgão até o meio-dia de sexta-feira e só faz campanha depois das 18 horas”, diz um trecho da reportagem que estará nas bancas na manhã deste sábado nas principais capitais do País.

Ora, mas antes mesmo do leitor folhear a referida edição da revista, irá constatar, conforme ilustram as fotos desta postagem do blog, que Flávio Dino esteve em Caxias na manhã desta sexta-feira, 25, inaugurando obras e fazendo... política.
Outra foto de Dino com funcionária da
SEJEL de Caxias retirada do facebook

Caso o repórter Cláudio Dantas Sequeira queira averiguar a veracidade das fotos aqui publicadas, ele poderia aproveitar e entrevistar Victor Antonio Cavalcante Palmeira, que vem a ser chefe de Assessoria do Ministério do Esporte, que esteve, juntamente com Dino, representando o Ministro da pasta, Aldo Rebelo, nas inaugurações realizadas ontem (25) em Caxias.

Nos convites feitos para as inaugurações distribuídos pela internet, consta a relação de inaugurações que foram realizadas em Caxias nesta sexta-feira, dia 25, e a informação de que tanto Flávio Dino como Victor Palmeira, estariam na cidade durante os eventos.

“Informamos que estará presente nas inaugurações o Exmo. Sr. Presidente da Embratur, Flavio Dino e o Sr. Victor Palmeira representando o Ministro do Esporte”, assina o convite Adelmo Soares, secretário municipal de Esporte de Caxias.

Abaixo os prédios e os horários que os mesmos foram inaugurados:

08h00 – Inauguração do Estádio João Paulo Lima
Endereço: Rua 03, Quadra C 1 – Residencial Eugênio Coutinho
08h30 – Inauguração do Ginásio Poliesportivo James Rodrigues Alves Costa
Endereço: Rua 15 de Novembro - Residencial Eugênio Coutinho
09h30 – Inauguração do Ginásio Poliesportivo Cesarina Ferreira da Silva “Dona Cesar”
Endereço: Bairro Fazendinha
11h00 – Inauguração do Ginásio Poliesportivo Vereador Evangelista Martins endereço: Bairro Itapecuruzinho.


Como é público e notório o enforcamento de um ou dois dias da semana na Embratur, Flávio Dino poderia pelo menos autorizar, já que não pede afastamento do cargo, um desconto no seu salário na estatal conforme os dias que não dá expediente.

Seria mais digno e correto de sua parte, pois estaria dando um bom exemplo no serviço público federal.

Prefeitura de Timon discute revitalização de área onde funcionou lixão

25.10.13
Análise de revitalização de área onde funcionou lixão
A fim de discutir modos de fomentar o turismo local e de revitalizar e dar uma nova imagem à entrada da cidade, o prefeito de Timon, Luciano Leitoa, reuniu-se com secretários municipais, assessores e com o Pe. João Paulo, da Paróquia de São Francisco, para discutir medidas que transformem a área conhecido como morro do lixão em um complexo turístico. Luciano Leitoa visitou o local na manhã desta sexta-feira (25).

A visita serviu para discutir os primeiros passos do projeto. “A ideia é construir uma estrutura que seja referência não apenas para o turismo religioso, mas também para a disseminação de cultura e de pesquisas científicas, ou seja, vamos pensar no local como um complexo cultural”, afirmou o prefeito Luciano. Para tanto, será estudada a partir de agora a viabilidade do projeto e, só então, será dado início à sua elaboração e à definição de cada espaço do complexo.

Projeto
Uma das primeiras medidas para a realização do projeto é a proteção e preservação da área e a garantia do acesso ao complexo. Para tanto, a Prefeitura Municipal tomará os cuidados para impedir a retirada do patrimônio que existe no local e, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, irá elaborar um projeto que atenda, ao mesmo tempo, a necessidade de acesso e a conservação do caráter rústico do ambiente.

Outra medida que deve ser considerada é a compatibilização do projeto de construção do complexo com o projeto de transformação das áreas de entorno em um parque arqueológico, onde existe uma floresta fóssil que tem servido como local de pesquisas e que deve ser preservada.

De acordo com o Pe. João Paulo, o local serviria também como base de apoio para romeiros. O padre falou ainda que, tornando-se viável a obra, “a estrutura contribuirá para desenvolver o caráter artístico dos jovens”, uma vez que o local serviria como cenário para performances como a Paixão de Cristo e a Via Sacra. (Fonte: Ascom/Timon).