Professor de História defende investigação do MP sobre denúncia de fraude em concurso no município

13.6.13
Com o título Brigam as “comadres”, descobrem-se as verdade, o professor de História e membro do IHGC, Francinaldo Morais, enviou um release para vários órgãos de imprensa e entidades públicas e privadas, cobrando a urgente apuração das denúncias feitas pelo vereador Catulé sobre a suposta fraude no concurso público realizado em Caxias no ano de 2006.

Sobre a suspeita da sobrinha do prefeito na época, vereadora Tays Coutinho, ter ingressado no serviço público mediante fraude, o professor indaga a situação daqueles que não passaram no dito concurso.

“A se confirmar a denúncia do vereador, como ficam os que não conseguiram ingressar regularmente naquele concurso?”, questiona Morais.

Ao final do texto, Francinaldo Morais provoca o ex-prefeito de Caxias e a Sousândrade para que respondam a acusação do parlamentar. Pede ainda que e o Ministério Público apure a denúncia do vereador caxiense e esclareça todo o caso.

“Penso que o vereador precisa ser interpelado formal e urgentemente seja pelo ex-prefeito, pela Sousândrade ou por um dos órgãos do Judiciário local, no sentido de que confirme e detalhe melhor o que sabe sobre o que chama de "fraude no concurso do município de Caxias-MA., na gestão do médico e empresário Humberto Ivar Araújo Coutinho".

A chapa está quente e parece que vai esquentar ainda mais.

5 comentários:

  1. Anônimo disse...:

    Só o tempo irá mostrar que eles não deviam ter ignorado a confiança dos votos recebidos nem muito menos ter subestimado a inteligência do nosso povo.....

    Com a palavra, o Mestre Chico Buarque de Hollanda...

    "Hoje você é quem manda, Falou, tá falado,Não tem discussão
    A minha gente hoje anda Falando de lado
    E olhando pro chão, viu(...)

    Quando chegar o momento, Esse meu sofrimento
    Vou cobrar com juros, juro (...)

    Você vai pagar e é dobrado
    Cada lágrima rolada
    Nesse nosso penar..."

    "Apesar de você, Amanhã há de ser, Outro dia
    Inda pago pra ver, O jardim florescer,Qual você não queria
    Você vai se amargar, Vendo o dia raiar, Sem lhe pedir licença
    E eu vou morrer de rir, Que esse dia há de vir
    Antes do que você pensa.."

    APROVEITA PREFEITO...NA PRÓXIMA VOCÊ NÃO GANHA NEM PARA PRESIDENTE DE BAIRRO !

    > Me diga Prefeito de direito: - Como é ser rejeitado por 92 % da população ? Passageiro de primeira viagem, já se estragou todo com essa sua soberba...Amadorismo puro...

    > Me conte Prefeito de fato: - Como o senhor conseguiu essa façanha de jogar no lixo toda a política de captação de amigos ?

    MARCELO KUERTEN II

  1. Anônimo disse...:

    VERGONHA PARA NÓS CAXIENSES!!VERGONHA! POR QUER O VEREADOR CATULÉ NÃO DENUNCIOU NA ÉPOCA!! POVO QUER SABER. COM A PALAVRA O VEREADOR CATULÉ

  1. Anônimo disse...:

    Marcelo, tua revolta é minha revolta,acreditamos no Prefeito de fato,demos ale dois mandatos de prefeito,um de deputado federal ,apoiando Flávio dino,2 mandatos de deputado Estadual a sua esposa,empurrou Nice Lobão a goela a baixa em caxias e lhes demos quase 10.000 votos,Veio a de Prefeito e lhe demos mais um mandato,agora a seu sobrinho Leonardo Coutinho,imaginávamos de que seria um governo sério e comprometido com anseios de de todos os caxienses.Agora, vem essas denúncia imorais,essa do concurso publico fraudado é muito grave,coloca em cheque inclusive, o famoso sorteio das casas do residencial Eugenio Coutinho.que vergonha!!

  1. Anônimo disse...:

    Hj encaminhei informações a Ouvidoria da UFMA-Sousândrade. Obtive como resposta o seguinte:
    "Prezado(a) FRANCINALDO DE JESUS MORAIS,
    Informamos que o cadastro da manifestação de número 358/2013 foi efetuado com sucesso no sistema".
    Vamos acompanhar.

  1. Unknown disse...:

    Na minha coluna a qual escrevo semanalmente no Jornal Folha do Leste, eu já relatava desde às eleições de 2012 que esse Leonardo Coutinho seria somente uma Marionete nas patas de Humberto Cutia. Aqui em Caxias/MA não existe Ministério Público e muito menos Justiça para punir ladrões do dinheiro público...

Postar um comentário